Fábio Motta/ Estadão
Fábio Motta/ Estadão

Treze torcedores são detidos após briga que antecedeu Fla-Flu no Rio

Houve troca de empurrões e disparo de rojões, mas polícia afirma que ninguém se feriu

Fábio Grellet, Estadao Conteudo

12 Outubro 2017 | 20h10

Treze pessoas foram detidas em razão de uma briga envolvendo torcedores de Flamengo e Fluminense antes da partida entre os dois clubes, nas imediações do estádio do Maracanã, na tarde desta quinta-feira.

+ Com gol contra bizarro de Pará, Flamengo e Fluminense empatam no Maracanã

+ Santos só empata com a Ponte Preta em Campinas e fica mais longe do Corinthians

O tumulto começou na esquina da Avenida Maracanã com a Rua São Francisco Xavier e se estendeu por essa última via. Houve troca de empurrões e disparo de rojões em direção aos torcedores adversários, mas, segundo a Polícia Militar, ninguém se feriu. A PM interveio e deteve os envolvidos. Todos seriam encaminhados ao Juizado Especial Criminal (Jecrim), que funciona dentro do estádio durante as partidas.

Em abril, quando os mesmos times se enfrentaram no estádio Kléber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo, pelo Campeonato Carioca, também houve briga entre torcedores.

+ Sport ganha do Vitória em Salvador, quebra jejum de nove jogos e deixa a degola

Com a bola rolando, Flamengo e Fluminense ficaram no empate por 1 a 1, que não foi bom para nenhum dos dois no Campeonato Brasileiro. Pará, contra, abriu o placar para o time tricolor, mas Réver, de cabeça, selou a igualdade para os rubro-negros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.