Fernanda Coimbra/CBF
Fernanda Coimbra/CBF

Vadão celebra 'inteligência' da seleção feminina após segunda vitória na China

Brasil faz 2 a 0 na Coreia do Norte e fica perto do título da Copa CFA

Estadão Conteúdo

21 Outubro 2017 | 11h58

A seleção brasileira feminina de futebol venceu neste sábado pela segunda vez após o retorno de Vadão. Em Chongqing, a equipe passou por 2 a 0 pela Coreia do Norte e ficou a um empate na última rodada, contra as donas da casa, de ser campeã da Copa CFA, torneio amistoso disputado na China. Mas mais do que o resultado, o treinador brasileiro exaltou a postura de suas comandadas.

+ Marta brilha, marca dois e seleção bate a Coreia do Norte em torneio na China​

"Acredito que a gente foi muito inteligente no jogo. Fizemos os dois gols no primeiro tempo, do jeito que tínhamos que fazer, infiltrando no bloqueio coreano. E, depois, administramos bem um jogo que poderia ser muito difícil", considerou.

O triunfo deste sábado foi definido por Marta, que marcou os dois gols do Brasil, ambos no primeiro tempo. Na etapa final, a seleção ainda teve outras oportunidades, mas brecou na falta de pontaria. Vadão fez questão de elogiar esta insistência da equipe.

"A ambição de fazer gols nós não podemos perder. Temos que ser inteligentes. Não podemos com 2 a 0 nos expor para dizer que estamos jogando ofensivamente. Mas buscar ampliar o marcador é importante. Tivemos chances, construímos oportunidades, e a Coreia assustou no fim do jogo com uma bola no travessão", avaliou.

O discurso do treinador também foi entoado pelas jogadoras, como a zagueira Bruna. "Mesmo vencendo, vamos buscar fazer mais gols. E foi o que fizemos nas duas partidas. Neste jogo contra a Coreia, tivemos algumas chances de ampliar", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.