Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Valdivia saiu porque estava com tontura, diz médico do Palmeiras

Futebol

Esportes

futebol

Valdivia saiu porque estava com tontura, diz médico do Palmeiras

Meia chileno foi substituído aos 18 minutos do primeiro tempo no clássico com o São Paulo e será submetido a exames após o jogo

0

VÍTOR MARQUES,
O Estado de S. Paulo

17 Agosto 2014 | 17h37

O meia Valdivia foi substituído aos 18 minutos do primeiro tempo do clássico, entre Palmeiras e São Paulo, neste domingo, porque sentiu tontura no Pacaembu. A afirmação é do médico do Palmeiras, Otávio Vilhena. Segundo ele, o jogador será submetido a exames depois do jogo.

"O Valdivia confirmou (no vestiário) que o que fez ele sair foi tontura. Ele disse que está com dores musculares, mas nenhuma dor específica que tenha motivado sua saída", afirmou o médico no intervalo do jogo.

Vilhena disse que Valdivia, na quarta-feira, sofreu um choque no treino que pegou o nariz e olho. O lance que tirou Valdivia do clássico aconteceu aos 13 minutos do primeiro tempo.

Imagens da televisão, no entanto, mostram que no momento do lance Valdivia coloca a mão na coxa direita no momento que divide a bola com o são-paulino Kaká. O clássico marcou o retorno do chileno ao Palmeiras depois da negociação frustrada com o futebol árabe. Enquanto esteve em campo, ele foi o melhor jogador do time no clássico.

Mais conteúdo sobre: