Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Valdivia se destaca e Nobre minimiza foto do meia com patrocinador

Futebol

Reprodução

esportes

futebol

Valdivia se destaca e Nobre minimiza foto do meia com patrocinador

Presidente do Palmeiras nega pressão por parte da parceira

0

Daniel Batista,
O Estado de S. Paulo

08 Janeiro 2016 | 11h20

O meia Valdivia deixou o Palmeiras em agosto do ano passado, mas ainda é assunto no clube. Recentemente, os proprietários da Crefisa e da FAM, patrocinadoras da equipe, postaram uma foto ao lado do jogador e a imagem criou polêmica nas mídias sociais. Enquanto isso, o chileno ganha destaque no Al Wahda e o presidente Paulo Nobre minimiza a foto e nega qualquer pressão por parte da parceira.

Para o dirigente, José Roberto Lamacchia e Leila Pereira apenas se comportaram como torcedores. "Qual palmeirense não gostaria de tirar uma foto com o Valdivia? Independentemente de serem patrocinadores, eles são torcedores e o Lamacchia é fanático. Se um torcedor comum tirasse foto com o Valdivia, não repercutiria", disse o dirigente, em entrevista à rádio Jovem Pan.

No final do ano passado, os empresários postaram na página do Facebook fotos com o chileno e a frase: "Qual é seu maior desejo para 2016?". Eles estavam de férias em Dubai e aproveitaram para se encontrar com o chileno.

Valdivia deixou o clube de forma muito turbulenta. O chileno, em entrevista ao Estado, não poupou críticas à diretoria do Palmeiras, principalmente ao diretor de futebol Alexandre Mattos. "Tenho um respeito grande ao Valdivia. Foi um dos melhores jogadores em atividade do Brasil em 2013 e 2014 e fez uma Copa América espetacular pelo Chile. Recebeu uma proposta boa do exterior e está surfando essa onda", disse Nobre.

No Al Wahda, o chileno tem bons números. Na quinta-feira, ele marcou um dos gols da vitória por 3 a 1 sobre o Al Fujairah, pela 14ª rodada da Liga dos Emirados Árabes. Foi o terceiro gol dele nas últimas quatro partidas e, no total, ele marcou quatro gols em dez jogos.

Já a relação entre Palmeiras e seus dois principais patrocinadores já foi melhor. Paulo Nobre deixou claro que não pretende contar com a ajuda das empresas para contratar reforços, embora elas tenham se oferecido para trazer um jogador de nome, como fizeram com Barrios no ano passado.

Mais conteúdo sobre:

Comentários