Bruno Cantini/ Atletico
Bruno Cantini/ Atletico

Valdívia vê jogo contra o Palmeiras como 'final' para Atlético-MG

Meia destaca a necessidade do time mineiro conseguir um bom resultado neste sábado

Estadao Conteudo

07 Setembro 2017 | 19h16

O meia-atacante Valdívia, do Atlético Mineiro, classificou como uma final de campeonato o duelo contra o Palmeiras, marcado para este sábado, às 16 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 23.ª rodada do Brasileirão.

O jogador ressaltou que o time mineiro está em uma posição delicada na tabela de classificação. Com 29 pontos, o Atlético Mineiro é o 10.º colocado, a dois pontos do G6 (grupo dos seis clubes que se classificam para a próxima edição da Copa Libertadores), mas somente quatro à frente da zona de rebaixamento.

"É uma decisão, pois estamos perto do G6 e do Z4 (zona de rebaixamento). Então, temos que pensar no jogo como se fosse uma final. É ir para cima do Palmeiras em busca da vitória", projetou Valdívia em entrevista coletiva após o treinamento da equipe, realizado nesta quinta-feira, na Cidade do Galo, em Vespasiano (região metropolitana de Belo Horizonte).

Já o atacante Luan valorizou o bom momento vivido pelo time atleticano, que venceu quatro dos últimos cinco jogos disputados. O atleta acredita que o triunfo diante do Palmeiras consolidará a reabilitação da equipe no Brasileirão e dará força para o grupo buscar os objetivos na competição.

"Acho que a gente está resgatando aquilo que queríamos, que é a confiança, o respeito que os adversários têm quando vem jogar aqui. Estávamos sofrendo muito e perdendo jogos dentro de casa. Agora, estamos com outros objetivos diante do Brasileiro, que é chegar entre os quatro e brigar por uma vaga na Libertadores", comentou.

Apesar de confiante, Luan elogiou a qualidade do elenco do Palmeiras e o técnico Cuca, com quem trabalhou na campanha do título da Libertadores de 2013. "Jogo difícil contra o Palmeiras, que é uma grande equipe, tem jogadores muito qualificados e um treinador que conhece o Atlético. A gente também conhece como é o trabalho dele. Espero poder fazer o melhor e sair com a vitória", finalizou.

O treinador Rogério Micale finalizou a preparação da equipe mineira nesta quinta-feira com uma atividade fechada para a imprensa. Uma das dúvidas do comandante atleticano está no ataque, setor no qual Robinho e o equatoriano Cazares vão disputar uma vaga.

Provavelmente, o Atlético Mineiro deverá iniciar o confronto diante do Palmeiras com a seguinte escalação: Victor; Alex Silva, Gabriel, Leonardo Silva e Fábio Santos; Adilson e Elias; Valdivia, Cazares (Robinho) e Luan; Fred.

Notícias relacionadas
Mais conteúdo sobre:
Atlético Mineiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.