Valencia só depende de si próprio

O Valencia depende apenas de seus resultados, nas últimas dez rodadas da temporada, para conquistar o título espanhol, proeza que não alcança desde 1971. Para não ser superado pela "sombra" de Real Madrid, Deportivo La Coruña, Barcelona, Betis, precisa ganhar do Sevilla, na principal partida do domingo. Com 50 pontos em 28 apresentações, o time do técnico Rafael Benitez faz a melhor campanha dos últimos anos. "Até agora vamos bem", admite o treinador. "Chegou o momento de provar que temos condições de chegarmos ao título", comenta. "O importante é mostrar força diante de times que ocupem posições intermediárias, mas com objetivos ousados." O Sevilla encaixa-se nesse perfil de rival que preocupa Benitez. A equipe do Sul da Espanha tem 38 pontos, está em 10.º lugar e ainda sonha com vaga para a Copa Uefa. "Por isso, não podemos errar nesta fase de definição", alerta. O Athletic Bilbao, 45 pontos, corre por fora no grupo que pretende ser campeão. Mas o teste do fim de semana é o Espanyol, com 38 pontos, e que atua como mandante no Estádio Olímpico de Barcelona. Tensão mesmo fica para o jogo entre o Real Sociedad (30 pontos) e o lanterna Tenerife (28), que se lançam com tudo para fugir do rebaixamento. A rodada será completada por Malaga (35) x Zaragoza (32), Mallorca (30) x Osasuna (34) e Valladolid (39) x Celta (42).

Agencia Estado,

09 Março 2002 | 17h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.