1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Van Gaal cancela treinos fortes até o final do Mundial

Marcio Dolzan e Sérgio Torres - O Estado de S. Paulo

01 Julho 2014 | 19h 55

O cansaço dos jogadores holandeses preocupa o técnico, e agora eles vão fazer atividades físicas, táticas e de aprimoramento

Assustado com o estado de fadiga de jogadores importantes da Holanda e com a lesão que afastou o volante De Jong da Copa do Mundo, o treinador Louis van Gaal decidiu cancelar os treinamentos mais fortes até o final da competição. Nesta terça-feira mesmo os jogadores tiveram folga. Nove dos 23 convocados aproveitaram para visitar uma favela na zona sul carioca. Outros fizeram compras. Um grupo menor preferiu ir à praia.

As condições físicas dos jogadores preocupam o treinador holandês. Ainda mais porque os craques Arjen Robben e Robin van Persie, artilheiros da equipe com três gols cada, dão mostras de que estão chegando ao limite de resistência. Robben, do Bayern de Munique, e Van Persie, do Manchester United, praticamente emendaram as competições europeias com os preparativos para a Copa. Com 30 anos, ambos estão sendo treinados à parte dos companheiros em melhor forma.

Van Persie, que ficou afastado dos gramados por dois meses por causa de uma lesão no joelho esquerdo sofrida na última Liga dos Campeões, tem feito trabalhos leves. Nos treinos da Holanda, na Gávea (zona sul do Rio), é comum o atacante, capitão da seleção, participar apenas das atividades físicas e dos exercícios de finalização. Depois, trabalha separadamente com o auxiliar técnico Patrick Kluivert ou brinca com os filhos.

FABIO MOTTA/ESTADÃO
Alguns jogadores visitaram o morro Dona Marta, em Botafogo

Grande nome da Holanda na Copa até o momento, Robben é outro que tem sido poupado. Nos dias que sucedem aos jogos, ele apenas corre em volta do gramado, em geral com um preparador ao lado. Robben tem sido, desde 2008, vitimado por lesões musculares graves. Após a vitória sobre a Austrália por 3 a 2, pela segunda rodada primeira fase, queixou-se de dores musculares e passou a ser ainda mais poupado pela comissão técnica.

Já o atacante Dirk Kuyt, também na terceira Copa, mescla treinos mais pesados com atividades leves. Kuyt tem sido um dos mais exigidos neste Mundial. Chegou a atuar na lateral esquerda e na lateral direita. A três semanas de completar 34 anos, esteve nas Copas de 2006 e 2010 com De Jong, Robben e Van Persie. Mas as contusões não têm afetado apenas os mais experientes. Jovens como Leroy Fer, atacante de 24 anos, Jordy Clasie, de 23, e Jonathan de Guzman, de 26, ainda convalescem de tendinites e lesões musculares.

Para a comissão técnica holandesa, não é mais hora de treinos fortes. As atividades serão basicamente físicas (corridas, alongamentos e exercícios), táticas (triangulações e trocas rápidas de passes) e de aprimoramento (cobranças de faltas e chutes a gol de média e longa distâncias). Como Van Gaal e auxiliares temem a ocorrência de novas lesões musculares, o treino previsto para esta terça-feira foi cancelado. O técnico deu folga para todos do elenco.

Copa 2014