Jason Skarratt/EFE
Jason Skarratt/EFE

Veteranos chegam e tentam levantar moral da seleção

Jogadores querem esquecer a derrota para o México na final dos Jogos de Londres

MATEUS SILVA ALVES, Agência Estado

13 Agosto 2012 | 08h57

ESTOCOLMO - Daniel Alves, do Barcelona, David Luiz e Ramires, ambos do Chelsea, apresentaram-se à seleção brasileira no começo da tarde desta segunda-feira, pelo horário da Suécia, para a partida amistosa contra a equipe escandinava. Já com grande experiência com a camisa amarela, eles fazem parte do grupo de seis jogadores convocados para a partida que não disputaram os Jogos Olímpicos de Londres, junto com Jonas, que já havia se apresentado no domingo, Dedé e Paulinho, que chegarão a Estocolmo ainda nesta segunda. O duelo diante dos suecos será nesta quarta, às 15 horas (de Brasília), no Estádio Rasunda.

O discurso de Daniel, David e Ramires estava bem afinado. Os três falaram em esquecer a derrota na final da Olimpíada e pensar apenas em levantar o astral da seleção. "Não temos de valorizar isso (a derrota para o México). Temos de servir à seleção, independentemente dos resultados em outras competições", comentou Daniel. "Não sei como está o moral do grupo, já que não tive contato com ninguém ainda, mas espero que não esteja muito baixo", falou Ramires.

Na tarde desta segunda-feira, a seleção fará seu primeiro treino em Estocolmo e Mano Menezes começará a escalar a equipe para o jogo contra a Suécia. Daniel Alves certamente assumirá a lateral direita e David Luiz vai lutar com Dedé pelo lugar que foi de Juan na Olimpíada, o de companheiro de Thiago Silva na zaga. Jonas, Paulinho e Ramires correm sério risco de ficar no banco de reservas no amistoso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.