Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Vitor Bueno celebra recuperação no Santos e promete fazer ainda mais

Meia-atacante deu duas assistências na vitória do Santos sobre o Paysandu, nesta quarta-feira

Estadão Conteúdo

11 Maio 2017 | 18h46

Além da classificação às quartas de final da Copa do Brasil e dos dois gols de Bruno Henrique, a vitória do Santos por 3 a 1 sobre o Paysandu, na noite de quarta-feira, no Mangueirão, ficou marcada pela boa atuação de Vitor Bueno. O meia-atacante deu duas assistências, ambas exatamente para Bruno Henrique, e também chamou a atenção pelos bons passes e movimentação no setor ofensivo.

Até então, porém, Vitor Bueno vinha tendo um início de temporada bastante irregular, a ponto de ser alvo de cobranças dos torcedores santistas. A situação contrastou com o seu desempenho em 2016, quando foi eleito a revelação do Campeonato Brasileiro. Sempre apoiado pelo técnico Dorival Júnior, que o bancou entre os titulares durante a boa fase, ele aproveitou a boa atuação para agradecer a confiança do treinador, prometendo retribuir com grandes atuações.

"Enfim acho que encontrei o futebol que espero jogar neste ano. Tive uma crescente neste dois últimos jogos. Acabei fazendo um gol e ajudando o time a vencer o Santa Fe e, agora, contra o Paysandu, pude ajudar com duas assistências. Tem que valorizar o trabalho e os treinamentos. E agradecer, também, ao professor Dorival por ter me dado força e respaldo, me mantendo no time para jogar bem. Agora é continuar crescendo, pensando sempre no mais alto que, com fé em Deus, as coisas vão voltar a acontecer", disse, ao site oficial do Santos.

O duelo com o Paysandu foi o primeiro de uma maratona de três jogos do Santos no período de uma semana, todos como visitante. O time vai estrear no Campeonato Brasileiro diante do Fluminense, no Maracanã, no domingo, e depois visitará o The Strongest, na Bolívia, pela Copa Libertadores, na próxima quarta-feira. A sequência preocupa, mas Vitor Bueno garante que o Santos não vai priorizar um desses duelos.

"Nosso primeiro objetivo era passar para as quartas de final da Copa do Brasil, e deu certo. Agora temos a estreia do Brasileiro, e queremos começar com o pé direito. Depois focaremos no nosso maior objetivo do ano, que é a Libertadores. Queremos conquistar a vitória em La Paz. Tivemos uma experiência com a altitude na Colômbia, já sabemos como é. Vamos com tudo para conseguir os três pontos em todas as partidas", afirmou.

Agora pensando no duelo com o Fluminense, Vitor Bueno destaca a importância de o Santos começar a sua participação no Brasileirão. "Será uma partida muito difícil. O Fluminense fez um bom Campeonato Carioca, tem um time jovem e rápido. Vamos encontrar dificuldades, com certeza, como sempre encontramos no Campeonato Brasileiro, que é uma competição muito difícil. Mas vamos procurar fazer o nosso jogo, o que nós sabemos fazer para começar com o pé direito. Queremos começar bem. Quem sabe eu até consiga marcar um gol", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.