Juan Karita/AP
Juan Karita/AP

Vitor Bueno lamenta altitude, critica expulsão e enaltece superação do Santos

Autor do gol santista contra o The Strongest não concorda com cartão vermelho para Bruno Henrique

Estadão Conteúdo

17 Maio 2017 | 22h02

Um jogador expulso no primeiro tempo e uma partida disputada nos 3.660 metros de altitude de La Paz, na Bolívia. Ainda assim, apesar do cenário complicado, o Santos segurou o 1 a 1 diante do The Strongest e se garantiu nas oitavas de final da Copa Libertadores, feito que só foi possível devido à superação do elenco, segundo avaliou o meia-atacante Vitor Bueno nesta quarta-feira.

Autor do gol santista, Vitor Bueno também admitiu que a altitude atrapalhou e criticou a expulsão de Bruno Henrique. "Sentimos bastante a altitude, todo o time sentiu. Mas foi um jogo de superação, ainda mais com a expulsão ainda no primeiro tempo, que a meu ver foi injusta e dificultou muito a nossa partida", reclamou.

O importante, na avaliação do atleta, foi que o Santos ignorou os percalços e manteve o plano de jogo, focado nos contra-ataques. "Como eu tinha dito antes, seria um jogo de cautela, de estatística. Esperamos ao máximo o time deles para sair no contra-ataque e deu certo, foi o que fizemos. Aproveitamos a nossa oportunidade e conseguimos matar o jogo".

Vitor Bueno parabenizou, ainda, o elenco pela boa partida e agradeceu os torcedores santistas que foram à Bolívia. "Parabéns a todo o elenco e a todos os torcedores que vieram até aqui", festejou. "Parabéns também ao pessoal que manda energia positiva, como as esposas, os amigos, os familiares".

Mais conteúdo sobre:
Santos FC Santos futebol Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.