1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Vitória vem com time alterado para a partida contra o Chapecoense

Tiago Décimo e Rafael Thomé - Estadão Conteúdo

17 Agosto 2014 | 07h 33

Objetivo do time baiano é se reabilitar da derrota sofrida contra o São Paulo por 3 a 1 e abrir distância da zona de rebaixamento

As falhas e as más atuações do zagueiro Alemão e do volante Richarlyson nas últimas partidas fizeram o técnico do Vitória, Jorginho, promover mudanças na equipe, que enfrenta a Chapecoense neste domingo, 17, no estádio Barradão, em Salvador, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Nos treinos da semana, o recém-contratado Roger Carvalho, vindo da Tombense (MG), e o meia Cáceres assumiram as vagas. Além deles, o meia uruguaio Luis Aguiar não participa do jogo. Ele foi suspenso pelo clube após uma briga com o volante Adriano, durante o treino da última quinta-feira. O volante José Welison deve ser o titular.

O Vitória tem como objetivo se reabilitar da derrota sofrida para o São Paulo por 3 a 1, no Morumbi, na última rodada, para abrir distância para a zona de rebaixamento. A equipe está na 15.ª posição, com 14 pontos, apenas um a mais que o Botafogo, time que abre o grupo dos quatro últimos.
Felipe Rau/Estadão
Técnico Jorginho fez mudanças para encarar o time catarinense
" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;

Os jogadores, porém, esperam uma retranca forte por parte do time catarinense. "Eles marcam forte e têm bom contra-ataque, mas sabemos da importância de vencer em casa e vamos lutar por isso", disse o lateral-direito Ayrton.

Já do lado do Chapecoense, a equipe precisa realizar uma partida para "segurar" o adversário e se manter fora da zona de rebaixamento. É desta maneira que a Chapecoense encarará o Vitória.

Na 13.ª colocação com 15 pontos, o clube catarinense vai lutar para não deixar um dos adversários diretos na briga contra a degola vencer e ultrapassá-lo na tabela de classificação.

"Vamos em busca da vitória, mas um empate também estará de bom tamanho. Quando se trata de um adversário direto, tem que somar ponto", disse o meia Camilo. O atacante Tiago Luís também reconhece a importância da partida e quer um bom resultado. "A gente sabe que o Campeonato Brasileiro é difícil. Tem que roubar ponto", destacou.

A derrota para o Figueirense na última rodada, em Chapecó (SC), incomodou o técnico Celso Rodrigues, que deve promover mudanças na equipe titular.