1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Vlaar conta que não bateria o 1º pênalti da Holanda

Ciro Campos - O Estado de S. Paulo

09 Julho 2014 | 22h 22

O zagueiro holandês disse que o primeiro a bater o pênalti seria Van Persie, porém o atacante foi substituído

O zagueiro holandês Ron Vlaar, um dos jogadores que teve o pênalti defendido pelo goleiro argentino Romero, admitiu após a eliminação na semifinal da Copa do Mundo que foi escalado de última hora para cobrar. O defensor abriu a série e, além dele, o meia Wesley Sneijder também perdeu os pênaltis na derrota por 4 a 2 depois do empate sem gols no tempo normal e na prorrogação.

"O Van Persie (atacante) bateria o primeiro pênalti, mas como foi substituído, o técnico (Louis Van Gaal) falou comigo. Aceitei e disse que me sentia bem para bater. Mas infelizmente perdi a cobrança", disse o jogador. Contra a Argentina, a Holanda escalou os mesmos cobradores do jogo contra a Costa Rica, exceto a entrada de Vlaar.

Na saída do vestiário do Itaquerão, o zagueiro demonstrava abatimento pela boa Copa do Mundo que fez terminar em um pênalti mal sucedido. "É decepcionante parar na semifinal. No começo do torneio sabíamos que existia a chance de ir longe. Passamos perto da final, mas poderíamos ter conseguido algo mais para a equipe", afirmou.

José Patricio/Estadão
Vlaar foi o primeiro cobrador da Holanda a perder o pênalti contra Argentina

O jogador destacou a campanha invicta da Holanda até o momento, mas lamentou que na história do Mundial esse feito não será lembrado. "A única coisa que importa no futebol é ganhar e isso não foi o que aconteceu para a Holanda hoje (quarta-feira)".

Copa 2014