Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Wallyson quer retomar bom futebol do início no Botafogo

Futebol

Esportes

futebol

Wallyson quer retomar bom futebol do início no Botafogo

Depois de um começo de destaque no Botafogo, com direito a quatro gols na campanha na Libertadores, o atacante Wallyson caiu de produção junto com a equipe durante o Campeonato Brasileiro. No entanto, com a confiança que vem recebendo do treinador Vagner Mancini e o período de treinos durante a pausa por conta da Copa do Mundo,o jogador espera retomar o bom desempenho no segundo semestre.

0

AE,
Agência Estado

07 Julho 2014 | 18h13

Wallyson participou de oito das nove partidas do Botafogo no Campeonato Brasileiro, mas marcou apenas um gol. O jogador justificou a queda em seu desempenho na competição por conta do pouco tempo de treinos que teve este ano. "Antes de vir para o Botafogo estava treinando, mas não o tempo suficiente, e chegaria o momento que ia dar uma caída por causa do condicionamento físico", revelou.

A pressão após a equipe ser eliminada da Libertadores também pesou, mas, segundo o atacante, o assunto é passado. "Quando você veste a camisa de um clube grande como o Botafogo, a pressão existe, não tem como diminuir. Com a saída da Libertadores aumentou, mas o nosso grupo sabia que tinha condições de sair daquela situação complicada e aos poucos estamos evoluindo", avaliou.

O jogador destacou também a contratação do novo técnico em abril, após a equipe sair da competição continental. "O Mancini chegou, colocou para nós o seu jeito de jogar e aumentou nossa esperança para o segundo semestre. Estamos treinando muito para dar o melhor", disse Wallyson.

O Botafogo está em sua quarta semana de treinamentos após a pausa nas competições oficiais por conta da Copa. A equipe volta às competições oficiais no dia 16 de julho, contra o Sport, na Ilha do Retiro, visando a recuperação no Brasileirão, competição em que ocupa a 13ª posição com nove pontos.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.