1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
Futebol Internacional

Welbeck volta com gol no fim e Arsenal bate o líder Leicester

- Atualizado: 14 Fevereiro 2016 | 12h 24

Gunners se aproximam da ponta com vitória sobre o líder do Inglês

O Campeonato Inglês proporcionou mais um jogo para se assistir de pé neste domingo. Numa partida cheia de nuances, de pênalti e expulsões polêmicos e milagres do goleiro, quem resolveu foi Danny Welbeck. Sem jogar desde abril, o atacante inglês entrou em campo para atuar por 10 minutos, marcou no último lance e garantiu a vitória de virada o Arsenal sobre o ainda líder Leicester por 2 a 1, em casa.

Ainda em primeiro, o Leicester tem 53 pontos, contra 51 do Arsenal, que fica provisoriamente em segundo. Logo mais, o Tottenham, terceiro colocado, com 48, joga contra o Manchester City, que tem 47. A partida será em Manchester e quem perder se afasta da briga pelo título.

Com mais uma ótima partida de Kanté, o Leicester City saiu na frente contra o Arsenal graças a um pênalti no último minuto do primeiro tempo. Vardy, artilheiro do Inglês, tentou driblar Monreal na entrada da área e caiu. O bandeirinha marcou o pênalti, bastante discutível. O próprio Vardy bateu, para fazer seu 19.º gol no torneio.

Schmeichel se estica, mas não consegue evitar gol da vitória do Arsenal
Schmeichel se estica, mas não consegue evitar gol da vitória do Arsenal

Depois de ganhar do Liverpool e do Manchester City nas últimas duas rodadas, o Leicester parecia que faria mais uma vítima entre os grandes. Mas logo aos 9 minutos do segundo tempo, Simpson recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando a equipe do interior da Inglaterra com um jogador a menos.

Arsène Wenger não teve dúvidas e mandou o Arsenal para o ataque com a entrada de Walcott no lugar do volante Coquelin. Nove minutos depois, aos 25, o atacante recebeu passe de Giroud na área e empatou.

O Arsenal passou a amassar o Leicester no seu campo de defesa, principalmente na base do chuveirinho. Num desses lances, já quase no final, o goleiro Kasper Schmeichel, filho do lendário ex-goleiro cinco vezes campeão com o Manchester United, fez um milagre a queima-roupa.

Parecia que nada tiraria a vitória do Leicester, mas o Arsenal tinha o brilho de Danny Welbeck. Sem jogar desde abril por conta de lesões, o atacante entrou no fim para atuar por 10 minutos e fez o gol da vitória aos 49 do segundo tempo, no último lance do jogo, para delírio do Emirates Stadium. O gol saiu da única forma que o Arsenal sabia atacar: no chuveirinho. Em péssimo dia, Özil se salvou com a assistência.

Welbeck comemora gol da vitória
Welbeck comemora gol da vitória

Futebol Internacional
Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX