Peter Cziborra/Reuters
Peter Cziborra/Reuters

Wenger critica regra da Uefa e lamenta ausência de Aubameyang na Liga Europa

Atacante que veio do Borussia Dortmund não pode defender o Arsenal na competição

Estadão Conteúdo

14 Fevereiro 2018 | 18h34

O técnico do Arsenal, Arsène Wenger, criticou as regras estabelecidas pela Uefa e lamentou nesta quarta-feira não poder contar com o centroavante Aubameyang na Liga Europa - na quinta-feira, o time inglês encara o Oestersunds, da Suécia, pela segunda fase eliminatória do torneio.

+ TEMPO REAL - Real Madrid x PSG

+ Higuaín rebate críticas após perder pênalti: 'É fácil falar do sofá de casa'

O jogador não poderá entrar em campo pelo time inglês pois defendeu o Borussia Dortmund na fase de grupos da Liga dos Campeões. O time alemão também ficou de fora das oitavas de final do principal torneio europeu e agora também disputará a Liga Europa. Com isso, não poderá defender outra equipe no mesmo torneio.

"Sei que todos os clubes, de maneira unânime, concordam que essa regra estabelecida deve ser extinta. Isso não faz sentido", afirmou o treinador. Além de Aubameyang, o treinador não terá o francês Lacazette por conta de uma lesão no joelho esquerdo.

A boa notícia ficou por conta da confirmação de Özil entre os relacionados. O meio-campista estava na mira do Barcelona, mas renovou contrato com o Arsenal no final de janeiro. Por estar em negociação, ele havia ficado de fora das outras partidas da competição europeia. "Ele estará em campo", confirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.