1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Wilmots valoriza campanha da Bélgica com time jovem

AE - Agência Estado

25 Junho 2014 | 11h 13

O técnico Marc Wilmots concorda que a Bélgica ainda não impressionou nesta Copa do Mundo, mas valoriza a campanha de sua seleção até aqui, após duas vitórias em dois jogos. Já classificada para as oitavas de final, a equipe do treinador belga só perde o primeiro lugar do Grupo H se na quinta-feira for derrotada pela Coreia do Sul e a Argélia bater a Rússia.

"Talvez não tenha sido uma apresentação espetacular, mas realizamos algo significativo com um dos elencos mais jovens da competição", afirmou Wilmots em entrevista ao site da Fifa publicada nesta quarta-feira. O elenco belga convocado pelo técnico tem média de idade de 26 anos, a terceira mais baixa do Mundial - maior apenas que as de Nigéria (25,8 anos) e Gana (25,7).

Além de o time belga ser jovem, essa é a primeira competição de seleções disputada para 22 dos 23 atletas do grupo de convocados para o Mundial. A exceção é o zagueiro Van Buyten, que estava presente na campanha da Bélgica que alcançou as oitavas de final da Copa de 2002 - na ocasião, Wilmots era o craque da seleção e fez três gols no torneio.

Veterano de quatro edições de Copa, o treinador transmite seu apoio ao atacante Lukaku, que ainda não marcou no torneio e foi substituído nos dois jogos. "Sei que Lukaku pode melhorar e ele também sabe disso. Ele continua sendo muito importante para nós. Eu não fui bem em minhas duas primeiras Copas. Ser jovem faz com que você administre de forma muito pior o evento, porque você só pensa em ser campeão", afirmou o técnico, que promete que a Bélgica vai para cima da Coreia do Sul.

"Não vamos nos deixar levar pela matemática, ficar pensando se vamos defender ou atacar melhor. Vamos buscar a vitória", disse o técnico, que comandou seu time nas difíceis vitórias por 2 a 1 sobre a Argélia, no dia 17, e 1 a 0 sobre a Rússia, no último domingo.

Copa 2014