Assine o Estadão
assine

Esportes

Seleção Brasileira de Futebol

Gabriel e Felipe são convocados por Dunga para seleção brasileira

Santista e corintiano entram nos lugares de Neymar e David Luiz

0

Daniel Batista,
O Estado de S. Paulo

26 Março 2016 | 10h36

O técnico da seleção brasileira, Dunga,  anunciou neste sábado a convocação do zagueiro Felipe, do Corinthians, e do atacante Gabriel, do Santos, para o jogo contra o Paraguai, terça-feira, em Assunção, pela sexta rodada das Eliminatórias para a Copa. Eles substituem David Luiz e Neymar, suspensos após receberem o segundo cartão amarelo contra o Uruguai, na última sexta-feira.

Gabriel estava com a seleção olímpica em Maceió e participou da derrota para a Nigéria na quinta-feira. O time comandado por Rogério Micale volta a campo neste domingo, para encarar a África do Sul já sem o jogador do Santos, que se apresenta a seleção principal neste sábado. Quanto a Felipe, ele está concentrado com o Corinthians para encarar o Ituano também neste sábado, pelo Campeonato Paulista e deve se juntar ao grupo da seleção após a partida.

Nas redes sociais, Gabriel comemorou a convocação. “Agora há pouco recebi a notícia e a missão de integrar a seleção brasileira principal que vai disputar o jogo das eliminatórias contra o Paraguai. Sentimento indescritível e um momento mágico na minha vida e na minha carreira, pois desde criança, desde jogador nas categorias de base, eu sonhava que esse momento pudesse se tornar real, apesar de tão distante daquela minha realidade", escreveu o santista.

Quanto aos suspensos Neymar e David Luiz, os chegaram a viajar de Recife para Porto Alegre com o time, mas a comissão técnica decidiu liberá-los da concentração. Para o lugar de Neymar, o mais cotado a entrar na equipe é Ricardo Oliveira. Na zaga, Marquinhos e Gil disputam a posição, sendo o primeiro tendo um leve favoritismo.

Brasil e Paraguai se enfrentam nesta terça, às 21h45, horário de Brasília, e 20h45, hora de Assunção. O time brasileiro está em terceiro nas Eliminatórias para a Copa de 2018, com oito pontos, mesma pontuação de Argentina e Paraguai. 

Comentários