1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Zagueiro Henrique chega ao Rio e já fala como reforço do Flu

- Atualizado: 09 Janeiro 2016 | 13h 08

Jogador estava no Napoli, da Itália, e fará exames na segunda

Uma das mais longas novelas da atual janela de transferências do futebol brasileiro está muito perto de um desfecho. O zagueiro Henrique chegou na manhã deste sábado ao Rio, deverá fazer exames médicos na segunda-feira, assinar contrato, e finalmente ser confirmado como reforço do Fluminense. O jogador, entretanto, já fala como jogador tricolor.

"Pra mim é uma experiência nova. Muito feliz de poder voltar ao Brasil, numa equipe grande como o Fluminense. Foi uma opção da família, minha também, de voltar o Brasil. Eu tinha outras opções, mas achei melhor para minha carreira voltar. Vou buscar meu espaço e ajudar o Fluminense a conquistar os objetivos", disse ele à imprensa ainda no aeroporto.

Henrique, que teve as melhores fases da sua carreira com a camisa do Palmeiras, estava defendendo o Napoli, da Itália. Ou melhor, estava treinando no clube de Nápoles, uma vez que poucas vezes entra em campo. No Campeonato Italiano desta temporada, ainda não jogou - ficou no banco em todas as partidas.

Zagueiro Henrique diz que está muito feliz por acerto com o Fluminense

Zagueiro Henrique diz que está muito feliz por acerto com o Fluminense

Homem de confiança do técnico Luiz Felipe Scolari na Copa do Mundo de 2014, apesar da reserva, Henrique acumula boas atuações pelo Palmeiras (jogou lá em 2008 e de 2011 a 2013), mas decepções como sua passagem pelo Barcelona e agora o banco do Napoli.

Além do Fluminense, também Grêmio e Flamengo estavam interessados no zagueiro de 29 anos, que teria custado 2 milhões de euros à equipe carioca. Henrique não joga desde 14 de maio e chega para se juntar ao atacante Richarlison, ex-América-MG, e aos meias Diego Souza (ex-Sport) e Felipe Amorim (ex-Goiás) como reforços do Flu para 2016.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX