Assine o Estadão
assine

Esportes

Palmeiras

Zé Roberto anuncia que aposenta no final do ano pelo time do Palmeiras

Lateral-esquerdo pretende jogar até o fim do ano

0

Daniel Batista,
O Estado de S.Paulo

11 Fevereiro 2016 | 17h33

O lateral-esquerdo e meia Zé Roberto anunciou nesta quinta-feira que vai se aposentar ao final da temporada. O jogador, que completará 42 anos em julho, assegura que vai cumprir a promessa independente do desempenho do Palmeiras na Copa Libertadores.

“A minha condição física me surpreende a cada dia. Nunca imaginei que iria jogar aos 41 e prestes a completar 42 anos e em alto nível. Claro que me preparei para isso. Desde novo, quando percebi que meu corpo era meu instrumento de trabalho, passei a cuidar dele e hoje estou usufruindo”, disse o jogador, em entrevista coletiva nesta quinta-feira, na Academia de Futebol.

No fim do ano passado, Zé Roberto chegou a cogitar a aposentadoria. Após conversa com a família, decidiu atuar mais uma temporada. “Se eu tivesse decidido parar de jogar, com certeza iria parar feliz por tudo que conquistei, com título tão importante como o Palmeiras. Decidi jogar mais esse ano pelos desafios que tracei na minha carreira. Queria deixar claro que esse será meu último ano”, assegurou.

Zé Roberto decidiu pendurar as chuteiras para conseguir aproveitar um pouco a família. “Tenho um filho de 16 anos que quer fazer faculdade fora. Nesses anos de carreira, quase não o vi. Estou muito motivado para  fazer meu último ano e dando o máximo. No início da pré-temporada, tive uma conversa com a comissão e foi combinado que não atuarei em todos os jogos”, explicou.

O lateral ainda aproveitou para criticar o calendário brasileiro pelo excessivo número de jogos. “Brinquei que poderia ir até os 50 anos, mas o calendário no Brasil fez com que eu pensasse e resolvesse parar. Ainda que tivesse um jogador que fosse máquina, um Super-Homem, um Batman, não ia aguentar o calendário brasileira. Inventaram ainda essa Primeira Liga”, contou o jogador, que brincou. “Alguns amigos me disseram que parece vida de caminhoneiro, porque passam mais tempo fora de casa do que dentro. O filho, ao invés de chamar de pai, chama de tio.”

Zé Roberto renovou contrato no ano passado com o Palmeiras e o novo vínculo se encerra no fim da temporada. O lateral iniciou a carreira na Portuguesa e depois passou por Real Madrid, Flamengo, Bayer Leverkusen, Bayern de Munique, Santos, Hamburgo, Al-Gharafa e Grêmio. Além de ter atuado pela seleção brasileira.

Mais conteúdo sobre:

Comentários