1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Zé Roberto não joga a toalha e fala que 'ainda há esperança'

- Atualizado: 18 Março 2016 | 00h 38

Lateral lamenta derrota e minimiza culpa de Cuca no resultado

O Palmeiras perdeu para o Nacional por 1 a 0, nesta quinta-feira, no Parque Central, em Montevidéu, e ficou em situação bastante delicada para a classificação na Copa Libertadores. Com o tropeço, o time alviverde precisa vencer os dois últimos jogos e torcer por uma combinação de resultados nas outras partidas. No final do jogo, Zé Roberto admitiu que a situação é delicadíssima, mas nega ter jogado a toalha.

"Essa derrota não estava nos planos. Viemos com uma postura para ganhar e para recuperar os três pontos que deixamos em casa, mas acho que ainda há esperança. O Rosario e o Nacional ganharam e nos passaram, mas ainda temos dois jogos para ganhar. Temos esperança de classificação e vamos focar no jogo da Argentina", disse o meia, que no segundo tempo voltou a atuar na lateral-esquerda, em entrevista à Fox Sports.

Palmeiras em 2016
Alex Silva/Estadão
São Paulo x Palmeiras

Goleiro Fernando Prass trabalhou bastante no Morumbi e evitou surra maior para o São Paulo com boas defesas

As mudanças na equipe feitas pelo técnico Cuca não surtiram efeito, mas Zé Roberto eximiu o treinador de culpa pelo resultado negativo. "O Cuca procurou escalar o melhor, claro que ele tinha outras opções, mas nós treinamos com essa formação por dois ou três dias e saíram coisas boas. É difícil essa derrota, não era o que esperávamos, mas vamos pensar nos outros dois jogos", analisou o meia de 41 anos.

Técnico Cuca estreia com derrota pelo time do Palmeiras

Técnico Cuca estreia com derrota pelo time do Palmeiras

Com os resultados desta rodada, o Nacional-URU assumiu a liderança do Grupo 2, com oito pontos, seguido pelo Rosario Central, com sete. O Palmeiras tem apenas quatro e o River Plate-URU aparece com dois. O Palmeiras volta a campo na Libertadores no dia 6 de abril para enfrentar o Rosario, no Gigante de Arroyito.

 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX