ABN Amro anuncia desistência da próxima Volvo Ocean Race

A direção do ABN Amro, um dos maiores bancos da Holanda, anunciou nesta quinta-feira que não vai participar da próxima edição da Volvo Ocean Race, maior regata de volta ao mundo, em 2008. Os motivos não foram explicados, mas os diretores disseram que "todos os objetivos foram conseguidos com a participação no evento, que teve um enorme sucesso esportivo e de marketing". Na última corrida, o barco 1 foi o campeão, com larga vantagem, e o barco 2, apesar dos problemas com a morte de um tripulante (Hans Horrevoets), terminou na quarta colocação. O barco Brasil 1, comandado por Torben Grael, participou pela primeira vez e conseguiu a terceira posição. O vice campeão foi o norte-americano Pirates of Caribbean. Para a edição que começará em 2008, algumas mudanças já foram divulgadas pela organização. Novos portos, na Ásia e no Oriente Médio, serão incluídos pela primeira vez. Os organizadores da Volvo Ocean race esperam que sete barcos participem da próxima corrida. O Brasil deverá ter novamente uma embarcação na competição.

Agencia Estado,

19 Outubro 2006 | 11h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.