1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Água Santa vence duelo dos caçulas com a Ferroviária no fim

- Atualizado: 30 Janeiro 2016 | 19h 38

Time Diadema chega ao triunfo com Tchô, aos 40 do segundo

Disputando pela primeira vez a elite do Campeonato Paulista, o Água Santa venceu a Ferroviária na tarde deste sábado, por 1 a 0, no Estádio Distrital do Inamar, em Diadema. O único gol da partida, que foi a primeira encerrada neste Paulistão, saiu em cobrança de pênalti aos 40 minutos do segundo tempo.

E para este primeiro confronto o público foi muito bom. Os torcedores compareceram em peso para incentivar o time neste duelo histórico. Tudo isso após o clube quase perder a vaga na primeira divisão estadual. No final do ano passado, parte das arquibancadas do Distrital do Inamar desabou e quase impossibilitou o time de ter um local para mandar suas partidas.

Estiveram presentes do duelo em Diadema autoridades esportivas e políticas, como o presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, e seu vice Fernando Solleiro, além do ministro chefe da secretaria de Comunicação Social da presidência da República, Edinho Silva, que é de Araraquara, que também foi representada pelo prefeito Marcelo Barbieri. Entre os deputados, Arnaldo Faria de Sá, ex-presidente da Portuguesa, Campos Machado, líder do PTB, e Orlando Morando Júnior, do PSDB da região, marcaram presença.

Tchô desloca o goleiro da Ferroviária no pênalti e garante o triunfo do Água Santa
Tchô desloca o goleiro da Ferroviária no pênalti e garante o triunfo do Água Santa

O JOGO

Água Santa e Ferroviária fizeram um primeiro tempo bastante movimentado. Os dois times priorizaram o toque de bola, e foi assim que as oportunidades foram criadas. O melhor lance dos primeiros 45 minutos foi do Água Santa. Aos 43 minutos, Sérgio Manoel ficou cara a cara com o goleiro Rodolfo, que se atirou na bola e evitou o gol.

No segundo tempo o rendimento dois times caiu bastante, principalmente pelo forte calor na cidade de Diadema. Ainda assim, os dois times procuraram tocar a bola e encontrar espaços no campo de ataque. Aos 40 minutos, Eli Sabiá chutou a bola na mão do adversário dentro da área. Pênalti. Na cobrança, Tchô fez e deu números finais à partida.

O Água Santa volta a campo no próximo sábado para enfrentar o São Paulo, às 17 horas, no Estádio do Pacaembu, na capital paulista, enquanto a Ferroviária enfrentará o Mogi Mirim na quinta-feira, às 18h30, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara.

FICHA TÉCNICA

ÁGUA SANTA 1 X 0 FERROVIÁRIA

ÁGUA SANTA - Roberto; Jonathan, Cléber, Eli Sabiá e Tarracha; André Rocha, Sérgio Manoel, Éder Loko (Bruninho) e Guaru (Russo); Everaldo e Francisco Alex (Tchô). Técnico: Márcio Ribeiro.

FERROVIÁRIA - Rodolfo; Igor Julião, Marcão, Wanderson e Thallysson; Renato Xavier, Juninho (Danielzinho), Matheus Rosseto (Wescley) e Rafael Miranda; Samuel e Thiago Marques (Rafinha). Técnico: Sérgio Vieira.

GOL - Tchô, aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - André Rocha (Água Santa); Renato Xavier (Ferroviária).

ÁRBITRO - Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Distrital do Inamar, em Diadema (SP).

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX