Divulgação/Ana Marcela Cunha
Divulgação/Ana Marcela Cunha

Ana Marcela fica com vice do Circuito Mundial e garante prêmio de melhor do mundo

Brasileira fica apenas um centésimo atrás da italiana Ariana Bridi, vencedora da prova disputada em Hong Kong

Estadão Conteúdo

21 Outubro 2017 | 13h14

A brasileira Ana Marcela Cunha garantiu o vice-campeonato do Circuito Mundial de Maratonas Aquáticas. Neste sábado, ela ficou com a segunda colocação na última etapa do calendário, em Hong Kong, e garantiu pontuação suficiente para terminar também em segundo a temporada.

+ Ana Marcela vence etapa chinesa da Copa do Mundo e lidera pódios brasileiros

Ana Marcela completou os 10km da prova deste domingo em 2h02m12s7, apenas um centésimo atrás da italiana Ariana Bridi, que ficou com a medalha de ouro em Hong Kong e também com o título na temporada.

"Este vice-campeonato tem um sabor muito especial. Comecei a temporada retornando da cirurgia, com colocações não tão boas, mas consegui recuperar a pontuação a partir do Canadá. Foram pódios consecutivos e só tenho o que comemorar. Foi um ano incrível", celebrou Ana Marcela.

Não bastasse a comemoração pelo resultado, Ana Marcela, de quebra, garantiu o prêmio de melhor atleta de águas abertas do mundo da Federação Internacional de Natação (Fina) em 2017. Esta é quarta vez que a brasileira garante a premiação, em oito vezes em que ela foi entregue.

Para eleger a melhor do mundo no ano, a Fina estabelece pontos para as classificações individuais e de equipes no Mundial de Budapeste e no Circuito. Ana Marcela terminou com 610 pontos, contra 560 da francesa Aurelie Muller, repetindo o que já havia alcançado em 2010, 2014 e 2015.

Quem também teve motivos para comemorar foi Allan do Carmo. Neste domingo, ele terminou na terceira posição a etapa de Hong Kong do Circuito Mundial e garantiu o vice-campeonato da temporada, empatado com o italiano Federico Vanelli. O título ficou com outro italiano, Simone Ruffini.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.