Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Após terremoto adiar Mundiais, CPB reconvoca seleções de natação e halterofilismo

As duas competições estavam inicialmente agendadas para acontecer entre 30 de outubro e 6 de novembro

Estadao Conteudo

23 Outubro 2017 | 15h26

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) anunciou nesta segunda-feira novas listas de convocados para os Mundiais Paralímpicos de Natação e Halterofilismo, que serão realizados entre os dias 2 e 8 de dezembro, na Cidade do México. As duas competições estavam inicialmente agendadas para acontecer entre 30 de outubro e 6 de novembro, mas foram adiadas por causa do forte terremoto que atingiu o solo mexicano no último dia 19 de setembro.

+ CPB será gestor do CT Paralímpico

Foram 17 atletas brasileiros chamados para cada um destes Mundiais, sendo que houve o corte de um competidor convocado anteriormente. Trata-se do nadador Matheus Rheine, da classe S11 (cegos totais), que não poderá disputar o grande evento de sua modalidade por causa de lesões nos ombros.

Por meio de nota oficial divulgada nesta segunda, o CPB informou que o atleta catarinense precisará, inclusive, ser submetido a uma cirurgia e por isso não vai conseguir se recuperar a tempo de participar do Mundial.

O grande nome da convocação da seleção de natação é Daniel Dias, maior atleta paralímpico da história do País e dono de 24 medalhas de ouro em Mundiais. A lista também conta com outros nomes de peso na modalidade, como André Brasil, que subiu 15 vezes ao topo do pódio na competição, disputada por ele desde 2006.

O Mundial Paralímpico de Natação de 2017 será realizado entre os dias 2 e 7 de dezembro, no Ginásio Olímpico Francisco Márquez, que também foi sede da modalidade na Olimpíada de 1968. Já a competição de halterofilismo ocorrerá de 2 a 8 de dezembro no Ginásio Olímpico Juan de la Barrera.

Estes dois locais de competição sofreram apenas pequenos danos, apesar do forte terremoto de magnitude 7,1 graus na escala Richter que causou centenas de mortes e provocou grandes danos em edifícios e na infraestrutura da Cidade do México. Porém, alguns dos hotéis que abrigaram atletas que disputarão os Mundiais foram gravemente danificados, fato que também colaborou para o adiamento da data dos eventos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.