Ricardo Bufolin/CBG
Ricardo Bufolin/CBG

Arthur Zanetti e Caio Souza avançam à final no Mundial de Ginástica

Os atletas se classificaram nas argolas e individual geral, respectivamente

Estadao Conteudo

03 Outubro 2017 | 15h58

O Brasil terá dois representantes nas finais das provas masculinas do Mundial de Ginástica Artística, que está sendo realizado em Montreal, no Canadá. Nesta terça-feira, 3, Arthur Zanetti avançou para a disputa de medalha nas argolas, enquanto Caio Souza se classificou no individual geral. A decisão acontece no próximo sábado, 7.

Zanetti conseguiu a última das oito vagas na final das argolas, com 14,700 pontos, o que deu um tom de drama para a sua classificação, quase repetindo o que havia ocorrido no Mundial de 2015, em Glasgow, quando foi o nono colocado no classificatório.

As eliminatórias desse aparelho foram lideradas pelo grego Eleftherios Petrounias, com 15,400 pontos. A final das argolas está agendada para o próximo sábado, quando Zanetti buscará a sua quarta medalha em Mundiais, pois foi campeão em 2013 e prata em 2011 e em 2014.

+ Rebeca Andrade rompe ligamento do joelho e fica fora do Mundial de Ginástica

Caio Souza foi o único representante brasileiros em todos os aparelhos, assegurando a passagem para a final do individual geral com 81,548 pontos, em 14º lugar, e mostrando que está em evolução como um generalista. Os 24 primeiros nas eliminatórias se garantiam na final, que está marcada para a próxima quinta-feira. O melhor desempenho do classificatório foi do cubano Manrique Larduet, com 86,699 pontos.

Na suas apresentações, Caio Souza conseguiu 13,566 pontos no solo, 12,700 no cavalo com alças, 14,200 nas argolas, 14,483 no salto, 14,433 nas barras paralelas e 12,166 na barra fixa.

Já Arthur Nory não conseguiu avançar nos dois aparelhos em que competiu. Medalhista de bronze no solo na Olimpíada do Rio, ele ficou na 16ª posição no solo, com 14,033 pontos. Na barra fixa, o brasileiro fez 13,866 pontos, o que lhe rendeu o 12º lugar nas eliminatórias. Os oito melhores em cada um dos aparelhos avançavam à final.

Mais conteúdo sobre:
Arthur Zanetti Ginástica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.