1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Bolt admite largada ruim após vitória em exibição no Rio

Ronald Lincoln Jr. - Estadão Conteúdo

17 Agosto 2014 | 15h 05

'Eu tive uma largada ruim, mas consegui melhorar', disse o atleta, que desde setembro de 2013 não disputava competições individuais

Como era esperado, o jamaicano Usain Bolt venceu os 100 metros na exibição realizada na praia do Leme, no Rio de Janeiro, neste domingo, 17. No entanto, o homem mais rápido do mundo foi crítico quanto ao desempenho nesta prova, que foi sua primeira individual no ano de 2014, e espera evoluir no decorrer da temporada.

"Eu tive uma largada ruim, mas consegui melhorar no decorrer da corrida", admitiu o jamaicano, que desde setembro de 2013 não disputava competições individuais por causa de uma contusão no pé. "Agora eu preciso correr mais vezes, e participar de mais competições para melhorar."

Depois da vitória, o jamaicano pulou na areia para comemorar com os fãs, que se espremiam tentando ver o astro pelas brechas da estrutura montada para a corrida. "A energia aqui é muito boa. Obrigado pessoal, foi maravilhoso", agradeceu e disse esperar o mesmo apoio nos Jogos Olímpicos de 2016.

Wilton Junior/Estadão
Jamaicano disse esperar o mesmo apoio nos Jogos Olímpicos de 2016

A surpresa ficou por conta da brasileira Rosângela Santos que desbancou a campeão olímpica, a norte-americana Carmelita Jeter, na disputa feminina. "Foi uma prévia do que pode acontecer (em 2016). Às vezes a gente entra desacreditado, mas é possível fazer a diferença", disse Rosângela, que se mostrou satisfeita com o tempo de 11s33.

"Fiz minha melhor marca no ano e estou próxima da melhor marca da minha carreira (11s17). Em outubro tem o Troféu Brasil de Atletismo e sei que posso melhorar até lá", projetou.

O norte-americano Richard Browne foi outro que confirmou o favoritismo ao vencer a disputa paralímpica. O velocista fez uma verdadeira festa depois de cruzar a linha de chegada. "Estou amando o Rio, não quero voltar para casa", disse. Browne foi prata em Londres, e, em 2016, promete ser um dos principais adversários do brasileiro Alan Fonteles, atual campeão olímpico da modalidade.