1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Bolt diz que ainda não sabe quando voltará a competir

AE-AP - Agência Estado

06 Junho 2014 | 12h 22

O velocista quer se preparar para os próximos anos de competição

Mesmo recuperado de uma lesão no pé que o tirou das últimas competições desta temporada, Usain Bolt confirmou nesta sexta-feira que não poderá competir no Meeting de Ostrava (República Checa) e da etapa de Paris da Diamond League, eventos respectivamente marcados para 17 de junho e 5 de julho. E agora revelou também que ainda não sabe quando poderá voltar às pistas.

Por meio de nota publicada em seu site oficial, o velocista jamaicano deixou claro que não quer apressar o seu retorno, tendo em vista também os grandes desafios que terá pela frente nos três anos seguintes.

"Espero voltar a competir logo, mas quão logo será isso vai depender dos meus treinamentos nas próximas semanas", disse Bolt, que não irá aos eventos em Ostrava e Paris por alegar que a lesão no seu pé o impediu de treinar o quanto gostaria para estar suficientemente competitivo. "É importante para mim ter meu tempo este ano, assim como tenho três duros anos pela frente em 2015, 2016 e 2017, nos quais eu tentarei defender meus títulos mundiais e olímpicos", afirmou.

Entretanto, o recordista mundial dos 100 e dos 200 metros enfatizou que "definitivamente pretende competir nesta temporada", antes de buscar novos feitos nos Mundiais de Atletismo de 2015, em Pequim, e 2017, em Londres, e o tricampeonato olímpico nos Jogos do Rio, em 2016.

Antes de saber que ficaria fora de competições desta temporada do atletismo, Bolt havia fixado como principal objetivo neste ano superar a sua marca mundial dos 200 metros, que é de 19s19. Em 2013, o astro ficou com o ouro nas provas dos 100, 200 e dos 4x100m do Mundial de Moscou, sendo que ele ainda ganhou as mesmas três provas nos Jogos Olímpicos de 2008 e 2012 e no Mundial de 2009.