1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Brasil bate a Argentina e ganha a segunda no evento-teste de basquete feminino

- Atualizado: 16 Janeiro 2016 | 22h 45

Depois de um início ruim, em que terminou o primeiro quarto perdendo por 10 pontos de diferença, a seleção brasileira feminina de basquete se recuperou em quadra e venceu neste sábado a Argentina por 66 a 52 (33 a 32 no primeiro tempo), no segundo jogo do evento-teste da modalidade para os Jogos Olímpicos do Rio-2016, na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico da Barra.

Na última sexta-feira, no primeiro dia do evento-teste, as jogadoras comandadas pelo técnico Antonio Carlos Barbosa não tiveram problemas para derrotarem a Venezuela por 112 a 41. Neste sábado, porém, foi preciso superar o mau início de jogo - perdeu o primeiro quarto por 23 a 13 e se recuperou já no segundo, indo para o intervalo com um ponto de vantagem.

No segundo tempo, o Brasil colocou a casa em ordem e com boa atuação da veterana ala/armadora Iziane, que terminou como a cestinha da partida com 20 pontos, foi abrindo vantagem até definir a vitória. O terceiro período acabou com a seleção brasileira ganhando por 53 a 39, mantendo assim a diferença de 14 pontos no final.

Iziane joga pelo Sampaio Corrêa, do Maranhão, e está de volta à seleção brasileira que participa do evento-teste mesmo desfalcada de diversas de suas principais jogadoras, que aderiram a um boicote criado pelos clubes da Liga Nacional contra a Confederação Brasileira de Basquete (CBB). Apenas as atletas do Sampaio Correa e Érika, que está sem clube desde que deixou seu time na Turquia, além da pivô Clarissa, do Corinthians/Americana, discordaram do boicote.

Esse é o primeiro evento-teste da Arena Carioca 1, que nos Jogos do Rio vai receber os duelos de basquete e na Paralimpíada será palco de basquete e rúgbi em cadeira de rodas. Antes de estrear nesta competição amistosa contra a Venezuela, a seleção brasileira já havia vencido a Argentina por 81 a 39 e havia surpreendido a Austrália, medalha de bronze nos Jogos de Londres e no Mundial da Turquia, por 61 a 53.

Antes de brasileiras e argentinas entrarem em quadra, o confronto entre Austrália e Venezuela abriu o sábado do evento-teste de basquete para os Jogos de 2016. E as australianas também não tiveram dificuldades para arrasar as adversárias por 104 a 24.

Neste domingo, o evento-teste da modalidade termina com mais dois confrontos. No primeiro deles, argentinas e venezuelanas se enfrentam às 18 horas na decisão do terceiro lugar. Na sequência, às 20h30, o Brasil encara a Austrália na disputa direta pelo título.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX