Brasil continua sem tenistas entre os 100 melhores da ATP

O tênis brasileiro continua sem nenhum representante entre os 100 primeiros do novo ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP), divulgada nesta segunda-feira. O melhor colocado do País é Thiago Alves, em 104.º lugar, seguido de Flávio Saretta (133.º), Ricardo Mello (139.º) e Marcos Daniel (148.º). Por sua vez, Gustavo Kuerten - fora das competições - está em 1.117.º. Entre os líderes, o suíço Roger Federer, com o título do Masters Series de Madri, conquistado no último domingo, ampliou para 3.600 pontos a vantagem sobre o segundo colocado, o espanhol Rafael Nadal. O terceiro da lista da ATP é o argentino David Nalbandian (2.900 pontos), seguido pelo croata Ivan Ljubicic (2.845). Vice-campeão do Masters de Madri, o chileno Fernando González ganhou três posições e saltou para o sétimo lugar, com 2.190 pontos. Outra novidade da lista foi o checo Tomas Berdych, que eliminou Nadal de Madri - ele entrou no top 10 da ATP. Nas competições desta semana, o destaque ficará para Federer, que jogará em sua cidade natal (Basiléia), na Suíça, após dois anos. Sua estréia será na terça-feira, contra o classificado do qualifying.

Agencia Estado,

23 Outubro 2006 | 10h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.