1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Brasil: Copa do Mundo e Olimpíada num intervalo de dois anos

estadao.com.br

02 Outubro 2009 | 13h 56

Polêmicas marcaram os outros países que estiveram pela mesma situação que o País passará em 2014 e 2016

A escolha do Rio como sede dos Jogos de 2016 colocou o Brasil no seleto grupo de países que sediaram os Jogos Olímpicos e a Copa do Mundo num intervalo de apenas dois anos. Os outros foram México, Alemanha e Estados Unidos. Curiosamente, todas as olimpíadas realizadas nesses países acabaram marcadas por controvérsias políticas e violência.

Veja também:

linkRio é escolhido como cidade-sede da Olimpíada de 2016

especialESPECIAL - Tudo sobre as cidades candidatas

especialRIO 2016 - Mais sobre a campanha pelos Jogos

O México, que foi sede dos Jogos Olímpicos de 1968 e da Copa do Mundo de 1970, viu os movimentos sociais como esteio dos Jogos, tendo como protagonistas os atletas negros norte-americanos Tommie Smith e John Carlos.

Vencedores do ouro e bronze nos 200 m rasos, respectivamente, os atletas, de punhos cerrados e luvas pretas nas mãos, abaixaram a cabeça e ergueram o braço esquerdo durante a apresentação do hino dos Estados Unidos, num gesto - estilizado pelo partido Black Panther - do movimento negro contra a segregação racial, conhecido como Black Power. Além disso, os Jogos de 68 quase tiveram de parar por causa dos inúmeros movimentos estudantis contra a repressão social e a Guerra do Vietnã.

O pior momento da historia dos Jogos Olímpicos, no entanto, viria em 72, em Munique, quando, no dia 5 de setembro, membros do grupo terrorista Setembro Negro invadiram a vila olímpica, mataram dois membros da equipe de Israel e fizeram outros nove reféns. O atentado terminou com a morte dos 11 israelenses e dos terroristas. Os Jogos foram paralisados por 36 horas. Dois anos depois, em 74, a Alemanha sediou a Copa do Mundo sem problemas.

Os Estados Unidos também teve problemas. Depois de sediar a Copa do Mundo em 1994 com sucesso, os Jogos de Atlanta, em 96, foram marcados pelo atentado a bomba no Centennial Olympic Park, que resultou na morte de uma pessoa e feriu outras 111. Além disso, Atlanta recebeu muitas críticas por ter sido a sede no ano que se comemorava os 100 anos dos Jogos Olímpicos na era moderna. Muitos acreditavam que a Grécia, por ser o berço do evento, deveria ter sido a sede através de Atenas, que viria a sediar as olimpíadas em 2004. (com Leonardo Maia, da Agência Estado)