1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Brasil vai ao pódio com 4º e 5º no feminino da Corrida de São Silvestre

- Atualizado: 31 Dezembro 2015 | 14h 11

Sueli Pereira e Joziane Cardoso foram as melhores brasileiras

O Brasil ficou com duas posições no pódio feminino da São Silvestre, em quarto e quinto lugar, com Sueli Pereira da Silva e Joziane da Silva Cardoso, respectivamente, mas o título ficou novamente com a etíope Wude Ayalew Yimer.

Logo após a largada do pelotão de elite feminino, o grupo das líderes ficou um pouco embolado, mas na descida da Avenida Pacaembu, Roselaine de Sousa Ramos Benites imprimiu um ritmo forte e abriu uma distância em relação às suas adversárias. Curiosamente, uma atleta sem identificação corria próxima das líderes, com uma bandeira na mão.

Só que Roselaine foi perdendo fôlego e logo foi ultrapassada pelo pelotão, dez chegaram na metade da prova brigando pela ponta. No 10º quilômetro, Sueli Pereira da Silva e Joziane da Silva Cardoso já estavam brigando pela liderança com as atletas africanas.

91ª Corrida Internacional de São Silvestre
Gabriela Biló/Estadão
Africanos dominam a Corrida de São Silvestre de 2015

A 91ª edição da São Silvestre reuniu cerca de 30 mil corredores de 37 países pelas ruas de São Paulo

Na subida da Av. Brigadeiro Luiz Antônio, que é o trecho considerado decisivo da prova, Sueli e Joziane ficaram entre as cinco mais bem colocadas, mas viram a etíope Wude Ayalew Yimer chegar na frente com 54min01s, seguida por Delvine Relin Meringor, do Quênia, e Failuna Abdi Matanga, da Tanzânia.

Sueli chegou na quarta colocação. "Tentei, dei meu máximo, mas não consegui. Quem sabe no ano que vem consigo melhorar", disse a atleta, que no ano melhorou sua colocação em relação ao ano passado, quando foi nova. Já Joziane chegou em quinto lugar e passou mal logo na chegada, sendo atendida pelos médicos.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX