Brasil supera a Hungria no Desafio Internacional de Futsal

A seleção brasileira superou, de virada, a Hungria por 4 a 1, na manhã deste sábado, em jogo válido pelo Desafio Internacional de Futsal. O confronto foi realizado no Ginásio Ivan Rodrigues, em Joinville (SC). O ala Falcão, eleito o melhor jogador do mundo em 2004, foi vaiado pela torcida local. Depois de um primeiro tempo sem gols, os húngaros abriram o placar com o pivô Matarasz. Ele recebeu a bola na área e, com um toque leve, mandou na trave do goleiro Rogério, na volta, o próprio jogador completou para o fundo das redes. Após o susto, o Brasil chegou ao empate com Júnior. Na seqüência, Falcão aproveitou o rebote do goleiro Balazs e virou o jogo para a equipe nacional. Na frente no placar, a seleção se soltou ainda mais em quadra e Chico ampliou a vantagem. A goleada foi selada por Falcão. Durante a partida, Falcão foi muito hostilizada pela torcida de Joinville. O ala, que defende o Jaraguá, se envolveu em uma briga generalizada com os jogadores da equipe da cidade na semifinal da Liga Futsal. O goleiro Rogério, do Joinville, também esteve envolvido na confusão. ?Foram interessantes as duas reações. Joguei com garra e com o auxílio de meus companheiros. Por isso conseguimos a virada nesta partida que foi extremamente complicada. A torcida é passional, mas ela entende que estamos juntos defendendo o Brasil?, brincou o craque. "Somos profissionais e amigos e esperamos que daqui para a frente seja tudo diferente", acrescentou Rogério, que foi abraçado pelo ala após o segundo gol brasileiro. A seleção brasileira de futsal volta a enfrentar a Hungria na próxima segunda-feira. A partida será disputada no Ginásio Parque Malwee, na cidade de Jaraguá. Os amistosos servem de preparação para Sul-Americano da Argentina, que começa em novembro.

Agencia Estado,

28 Outubro 2006 | 11h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.