Brasileira não sonha com pódio no levantamento de peso

Para a pesista Jaqueline Ferreira, não há chance de medalha porque é preciso melhorar a marca

Agência Estado,

23 Julho 2012 | 16h39

A pesista Jaqueline Ferreira mostrou estar extremamente realista sobre sua condição para os Jogos Olímpicos de Londres. Ciente de que precisa melhorar sua marca em 30 quilos para brigar pelo pódio, a brasileira assegurou nesta segunda-feira, 23, que não tem qualquer chance de medalha.

 

Mas a constatação não desanima Jaqueline. A atleta quebrou um hiato de 12 anos sem a participação feminina brasileira no levantamento de peso. Feito que a deixa repleta de motivação para, ao menos, bater seu recorde pessoal de 125kg, obtido na categoria até 75kg Torneio Pré-Olímpico na Guatemala, em maio, quando conquistou a vaga olímpica.

 

"Precisaria levantar mais uns 30 quilos para brigar por um pódio. Mas vou me esforçar muito para melhorar os meus resultados pessoais. Só a presença do Brasil na competição feminina já é um sinal de evolução", comentou a atleta de 25 anos, que foi campeã do Campeonato Sul-Americano em 2009 e prata nos Jogos Sul-Americanos em 2010.

 

Realizando o sonho de disputar uma Olimpíada, Jaqueline afirmou que está difícil até mesmo para manter a concentração. "Por mais que me concentre, para mim é impossível  chegar aqui e não ficar emocionada com a Vila, os atletas internacionais e todo o espírito olímpico", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.