Brasileiro desconhecido elimina Lapentti em Bogotá

O brasileiro Rogério Dutra Silva, número 238 do ranking mundial, protagonizou a grande surpresa até agora da etapa de Bogotá da Copa Petrobras, o primeiro da série de cinco challengers pela América do Sul: ele eliminou o equatoriano Nicolas Lapentti, primeiro cabeça-de-chave do torneio, em dois sets, parciais de 7/6 (8/6) e 6/4, na noite desta terça-feira. Lapentti, hoje em 71.º lugar no ranking, chegou a estar entre os 10 primeiros no fim da década passada. Rogério, de 22 anos e pouco conhecido do público brasileiro, é apenas o nono melhor tenista do País na lista da ATP, e precisou disputar o qualifying em Bogotá. "Comecei o ano como 780 do mundo e agora estou perto do 280. Treinei muito na Europa durante o ano e agora estou colhendo os frutos", disse o brasileiro após aquela que considerou a maior vitória de sua carreira. "Fico envergonhado por não corresponder à expectativa do público", disse o equatoriano, que reclamou da falta de adaptação à altitude de Bogotá - 2.650 metros acima do nível do mar. Outro brasileiro que passou pela primeira rodada foi Ricardo Mello, que bateu o mexicano Bruno Echagaray por 2 a 0 (6/4 e 7/6 (7/1)). As fortes chuvas em Bogotá provocaram o adiamento de 9 jogos. Nesta quarta, mais três brasileiros atuam pela primeira rodada: Thiago Alves, o melhor do país, pega o mexicano Santiago González; André Ghem enfrenta o australiano Chris Guccione; e Marcelo Melo, outro que saiu do qualifying, pega o espanhol Fernando Vicente.

Agencia Estado,

18 Outubro 2006 | 08h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.