1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Bruno Soares e Jamie Murray caem na estreia no Masters de Miami

- Atualizado: 26 Março 2016 | 22h 24

Cabeças de chave número 3 do torneio de duplas do Masters 1000 de Miami, o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray foram eliminados já na estreia da competição norte-americana. Neste sábado à noite, eles acabaram derrotados pelo sul-africano Raven Klaasen e pelo norte-americano Rajeev Ram, que venceram por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/3 e 10/7, em 1h57min de partida.

Campeões do Aberto da Austrália no início desta temporada, Soares e Murray acabaram levando o troco dos adversários, que haviam sido eliminados pelo brasileiro e pelo britânico nas quartas de final do Grand Slam realizado em Melbourne, em janeiro.

Naquela ocasião, também em um jogo muito equilibrado, os sul-africano e o norte-americano foram derrotados por 2 sets a 1. Desta vez, porém, eles triunfaram ao vencerem o match tie-break por 10/7.

Antes disso, Soares e Murray começaram melhor o jogo. Sem sofrer quebras de saque, eles converteram um de três break points para abrir vantagem e fecharem o primeiro set em 6/3. Na segunda parcial, porém, os seus adversários também conseguiram uma quebra e confirmaram todos os serviços para devolver o 6/3 e, em seguida, liquidarem o confronto no desempate.

Em Miami, Jamie Murray vislumbra a chance de assumir a liderança do ranking mundial de duplistas, que é um objetivo que nunca um britânico conquistou. O posto hoje pertence ao brasileiro Marcelo Melo, que na última sexta estreou com vitória em Miami atuando ao lado do croata Ivan Dodig.

Embora já tenha sido eliminado da competição, Murray ainda tem chance de ultrapassar Melo no decorrer do Masters de Miami, pois o brasileiro defende 360 pontos por seu avanço às semifinais do evento norte-americano no ano passado. E a diferença entre os dois tenistas no ranking de duplistas é de apenas 175 pontos hoje.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX