1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Campeão do salto triplo é punido por faltar a exame antidoping

AE-AP - Agência Estado

22 Junho 2014 | 09h 26

Teddy Tamgho ficará um ano afastado do esporte por ter se ausentado por três vezes em exames obrigatórios pela FFA

A Federação Francesa de Atletismo (FFA) anunciou que o atual campeão mundial de salto triplo, Teddy Tamgho, foi suspenso por um ano por faltar a três exames antidoping. De acordo com comunicado da entidade, a punição começou a valer no último dia 18 de março, por isso o atleta ficará afastado do esporte até março do ano que vem.

A FFA explicou que a "boa fé" de Tamgho foi levada em consideração e por isso a punição não foi ainda maior. Vale lembrar que a suspensão acontece em um momento em que o francês está se recuperando de uma fratura na tíbia, que o afasta das pistas desde novembro do ano passado.

Tamgho faltou a exames antidoping em dezembro de 2012, janeiro e março de 2014. Apesar das repetidas ausências, o comunicado explicou que o atleta não "forneceu conscientemente informações falsas de seu paradeiro". A entidade garantiu que tratou-se apenas de "negligência".

Por conta da contusão, Tamgho provavelmente já não competiria até o fim do ano. Seu objetivo é voltar a ter as melhores condições físicas para o Mundial de Pequim, em agosto de 2015. O francês é dono da terceira melhor marca de todos os tempos no salto triplo: 18,04m, obtida no Mundial de Moscou, no ano passado, quando se sagrou campeão.