1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Capivariano surpreende Oeste, encerra jejum e segue vivo no Paulistão

- Atualizado: 23 Março 2016 | 19h 40

No Estádio dos Amaros, em Itápolis, ameaçada equipe faz 2 a 1

Após quatro rodadas, o Capivariano voltou a vencer no Campeonato Paulista. No início da noite desta quarta-feira, derrotou o Oeste pelo placar de 2 a 1, no estádio dos Amaros, em Itápolis, pela 11ª rodada, dando início a uma possível arrancada para deixar a zona de rebaixamento.

Apesar do resultado, o Capivariano segue em situação delicada, com apenas nove pontos na tabela de classificação, contra 12 do Oeste, que também está na briga para fugir do descenso.

Lutando desesperadamente contra o rebaixamento, o Capivariano começou a partida com a intenção de surpreender o Oeste e assim o fez. Logo aos dois minutos, Alex arriscou o chute de longe sem muita pretensão. Jefferson Romário subiu para fazer a defesa, mas deixou a bola escapar entre as mãos, só parando no fundo das redes.

O Oeste sentiu o gol e por pouco não tomou o segundo. Aos dez minutos, Wigor arriscou da intermediária, mas desta vez Jefferson Romário espalmou. A resposta veio na sequência. O time da casa acordou e saiu para a pressão. Betinho recebeu na direita e mirou o ângulo. Cléber Alves foi buscar. No fim, Marcelinho Paraíba cruzou rasteiro e a defesa do Capivariano deixou passar, mas Ricardo Bueno não chegou a tempo de concluir.

Ainda no primeiro tempo, um cãozinho entrou em campo. Ricardo Bueno até tentou pegar o animal, mas foi Alex que o carregou e o levou para fora das quatro linhas, recebendo aplausos das arquibancadas.

No segundo tempo, o Oeste começou em cima do Capivariano. Aos três minutos, após cobrança de escanteio de Marcelinho Paraíba, Brinner desviou e Daniel Gigante chutou no travessão. Aos oito, não teve jeito. O camisa 11 cobrou falta com perfeição e deixou tudo igual.

Após o empate, o Capivariano voltou a adiantar a marcação e subiu ao ataque. Aos 34 minutos, Kleiton Domingues achou Romão na segunda trave. O atacante ajeitou para Chico mandar para o gol. Rodolfo, aos 44, ainda fez o terceiro, mas a arbitragem acabou assinalando posição irregular do jogador.

Na próxima rodada, o Oeste enfrenta a Ferroviária no sábado, às 16 horas, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara. No mesmo dia, às 18h30, o Capivariano visita o Linense no estádio Gilbertão, em Lins.

FICHA TÉCNICA

OESTE 1 X 2 CAPIVARIANO

OESTE - Jeferson Romário; Amaral (Maurinho), Brinner, Daniel Gigante e Fernandinho; Betinho, Elivelton, Renan Mota e Marcelinho Paraíba (Patrick Silva); Ricardo Bueno e Mazinho (Renato Kayzer). Técnico: Renan Freitas.

CAPIVARIANO - Cléber Alves; Rafael Cruz (Chico), Bonfim, Leandro Silva e Vicente; Wigor, Maguinho, Jácio e Kleiton Domingues (Bruno Maia); Rodolfo e Alex (Romão). Técnico: Roberto Fernandes.

GOL - Alex, aos dois minutos do primeiro tempo; Marcelinho Paraíba, aos 8, e Chico, aos 34 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Jose Claudio Rocha Filho.

CARTÕES AMARELOS - Maurinho, Elivelton e Betinho (Oeste); Wigor e Leandro Silva (Capivariano).

CARTÃO VERMELHO - Jácio (Capivariano).

PÚBLICO E RENDA - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio dos Amaros, em Itápolis (SP).

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX