Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Cielo fica em terceiro nos 50 m borboleta no Maria Lenk

Nicholas Santos bate recorde sul-americano e vence a prova

Marcio Dolzan, Rio de Janeiro, O Estado de S.Paulo

05 Maio 2017 | 21h27

O nadador Cesar Cielo cravou 23s22 e voltou conquistar o bronze no Troféu Maria Lenk. Nesta sexta-feira, ele viu Nicholas Santos bater o seu recorde sul-americano e vencer os 50 metros borboleta com a marca de 22s61. Henrique Martins, com 23s06, foi o segundo. Ainda sem índice para o Mundial de Budapeste, Cielo encerra sua participação neste sábado, na disputa dos 50 metros livre, distância que o consagrou com um ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008.

Apesar de Nicholas ter quebrado um recorde sul-americano, o resultado não lhe garante vaga nessa modalidade para o Mundial. Isso porque os 50 metros borboleta não são uma modalidade olímpica, critério utilizado pela CBDA para definir os oito brasileiros que terão presença assegurada na Hungria. Existe a expectativa, contudo, que mais vagas para o Mundial sejam abertas nos próximos dias, o que poderia abrir espaço para os 50 metros borboleta. 

Na eliminatória, pela manhã, Cesar Cielo, que é bicampeão mundial nessa prova (2011 e 2013) havia cravado apenas o quinto tempo (23s67). O nadador ainda está retomando o ritmo de disputas, já que ele ficou afastado das competições durante 11 meses e voltou a treinar forte apenas em fevereiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.