COI elogia governo chinês por apoio à Olimpíada de Pequim

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, elogiou nesta quarta-feira o governo chinês pelo apoio dado à organização dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, durante encontro com o primeiro-ministro do país, Wen Jiabao. "Fiquei impressionado com o comprometimento do governo, e acredito que os Jogos terão um alto nível de qualidade graças a esse apoio", afirmou o dirigente belga. Rogge alertou, no entanto, que é preciso manter a atenção na reta final para a disputa, marcada para começar no dia 08 de agosto de 2008, às 8h08 da noite, pelo horário local - o número 8 é considerado um bom presságio na tradição chinesa. "É importante não perder o foco, porque os erros agora são mais comprometedores", disse. A visita de Rogge faz parte de uma inspeção do COI para acompanhar as obras. Wen ressaltou que Pequim respeitará todos os compromissos assumidos na vitória da candidatura, e disse que a China oferecerá ao mundo a imagem de um país mais aberto e harmonioso - o governo vem sendo alvo de críticas de entidades de defesa dos direitos humanos, que protestam contra perseguição política e censura ao trabalho de jornalistas.

Agencia Estado,

25 Outubro 2006 | 13h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.