Daiane termina em quarto na final do solo; Laís é a última

Daiane dos Santos ficou em quarto lugar no solo e não conseguiu subir ao pódio no Mundial de Ginástica em Aarhus, na Dinamarca. Laís Souza também disputou a final da prova, neste sábado, e terminou na 8ª e última colocação. Assim, o Brasil encerrou sua participação no campeonato com apenas uma medalha: a prata de Diego Hypólito, conquistada sexta-feira no solo. A vitória na prova de solo foi da chinesa Cheng Fei, que conseguiu nota 15.875. Foi a terceira medalha de ouro dela no Mundial de Aarhus, depois das conquistas por equipes e no salto. Com nota 15.425, Daiane não conseguiu repetir o título mundial do solo conquistado no Mundial de Anaheim (EUA), em 2003. Já Laís Souza, ainda com as dores no pé que a tiraram da decisão por medalha no individual, teve 14.750 na final da prova. A prata foi para a norte-americana Jana Bieger (15.550) e o bronze ficou com a italiana Vanessa Ferrari (15.450). Também neste sábado, Diego Hypólito disputou a final da prova de salto, mas obteve o quinto lugar - o romeno Marian Dragulescu levou o ouro. De qualquer maneira, o Brasil conseguiu seu principal objetivo no Mundial da Dinamarca: classificou as equipes masculina e feminina para o Pré-Olímpico que acontece no ano que vem e dá vagas para os Jogos de Pequim/2008. No Mundial da Dinamarca, o domínio foi total da China, que conquistou 8 das 14 medalhas de ouro em disputa. Os chineses ganharam as duas provas por equipes e o individual geral masculino (Yang Wei). Além disso, venceram no solo (Cheng Fei) e no salto (Cheng Fei) femininos, fora as argolas (Chen Yibing), as paralelas (Yang Wei) e o cavalo (Xiao Qin) entre os homens. Quem mais atrapalhou o domínio chinês foi o romeno Marian Dragulescu, que conquistou ouro no solo e no salto. Ainda no masculino, o australiano Phillipe Rizzo venceu na barra fixa. Já no feminino, a italiana Vanessa Ferrari foi a melhor no individual geral, a inglesa Elisabeth Tweddle ganhou nas paralelas e a ucraniana Iryna Krasnianska faturou a trave.

Agencia Estado,

21 Outubro 2006 | 12h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.