1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Dani Pedrosa vence e impede recorde de Marc Márquez na MotoGP

Estadão Conteúdo

17 Agosto 2014 | 11h 05

Apesar do fim da impressionante série de vitórias, espanhol segue confortável na liderança do campeonato com 263 pontos

A impressionante sequência de vitórias de Marc Márquez na temporada 2014 da MotoGP enfim chegou ao fim. Após ver o compatriota vencer as dez corridas anteriores, o espanhol Dani Pedrosa desbancou o atual campeão mundial e ganhou a etapa da República Checa, a 11ª do campeonato, realizada no circuito de Brno.

Pole position, Márquez teve uma péssima largada na corrida neste domingo, 17, perdendo várias posições. Assim, os italianos Andrea Iannone e Andrea Dovizioso assumiram os dois primeiros lugares, passando a realizar uma intensa luta pela liderança com os espanhóis Pedrosa e Jorge Lorenzo.

Enquanto Márquez tentava recuperar posições, Lorenzo assumiu a dianteira da corrida, mas depois foi ultrapassado por Pedrosa. Com seu estilo agressivo, Márquez chegou a assumir a terceira posição com ultrapassagens sobre os italianos Iannone e Valentino Rossi.

Michal Cizek/AFP
Após 22 voltas, Pedrosa cruzou a linha de chegada em primeiro lugar

Márquez, porém, não conseguiu caçar os compatriotas que lideravam a etapa checa da MotoGP e ainda passou a ser ameaçado por Rossi, que o ultrapassou para assegurar a terceira colocação. Assim, pôde comemorar no pódio o recorde de 245 provas disputadas na MotoGP, igualado o recorde do brasileiro Alexandre Barros.

Após 22 voltas, Pedrosa cruzou a linha de chegada em primeiro lugar, com uma vantagem de 0s410 para Lorenzo, o segundo colocado. Assim, impediu Márquez de vencer as 11 primeiras provas da temporada da MotoGP e superar a marca de Giacomo Agostini, que ganhou as dez corridas iniciais do campeonato em 1968, 1969 e 1970.

Além disso, esta foi a primeira vez que Márquez completou uma prova da MotoGP fora do pódio. Iannone venceu a disputa com Dovizioso e ficou na quinta colocado em Brno. O alemão Stefan Bradl garantiu o sétimo lugar, seguido pelo espanhol Aleix Espargaró, pelo britânico Bradley Smith e pelo espanhol Álvaro Bautista, que completaram as dez primeiras colocações da prova na República Checa.

Apesar do fim da impressionante série de vitórias, Márquez segue confortável na liderança do campeonato da MotoGP, com 263 pontos, 77 a mais do que o segundo colocado Pedrosa, agora com 186. Rossi ocupa a terceira colocação com 173 pontos.

A próxima etapa da MotoGP, a 12ª das 18 previstas pata esta temporada, será disputada em duas semanas, no circuito de Silverstone. Em 2013, Lorenzo venceu a etapa britânica da MotoGP.