Davydenko sofre lesão e deixa o ATP de São Petersburgo

Cabeça-de-chave número um e grande favorito ao título do Torneio de Tênis de São Petersburgo, o tenista russo Nikolay Davydenko abandonou a competição nesta quarta-feira após sofrer uma lesão no tornozelo, durante a disputa do segundo set da partida contra o sul-africano Wesley Moodie. Davydenko, atual número seis do mundo, ficou apenas 52 minutos em quadra. Com tranqüilidade, o russo havia fechado o primeiro set em 6/3. No segundo, ele sentiu a lesão e até tentou ficar em quadra, no entanto, foi obrigado a deixar a partida quando empatava com Moodie em 3 a 3. O duelo era válido pelas oitavas-de-final. Outro que se retirou nas oitavas foi o finlandês Jarkko Nieminen, que sofreu uma lesão no pé e deixou a partida contra o italiano Potito Starace no segundo set, quando perdia por 3 a 2. Potito já havia fechado o primeiro em 7/5. Em outro jogo, o letão Ernest Gulbis precisou de três sets para eliminar o checo Lukas Dlouhy, com parciais de 5/7, 6/3 e 6/3. Já em partida válida pela primeira rodada, o alemão Tommy Haas passou pelo sérvio Nenad Zimonjic por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 6/7 (6/8) e 6/2. Almagro avança em Lyon No Torneio de Tênis de Lyon, na França, o destaque desta quarta-feira ficou para o argentino Nicolás Almagro, que garantiu vaga às quartas-de-final ao derrotar o alemão Florian Mayer por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/4. Outro que também avançou às quartas foi o francês Marc Gicquel, que passou pelo eslovaco Dominik Hrbaty, cabeça-de-chave três, por 2 a 0, com duplos 6/3. O ATP de Lyon distribui cerca de 680 mil euros em prêmios aos participantes.

Agencia Estado,

25 Outubro 2006 | 16h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.