Diego Hypolito avança em quinto à final do salto em Cottbus

O Brasil garantiu nesta sexta-feira um representante em mais uma das finais da World Challenge Cup de Ginástica Artística, disputada em Cottbus, na Alemanha. Diego Hypolito avançou à grande decisão do salto ao terminar o dia com a quinta melhor pontuação, com 14.650.

Estadão Conteúdo

20 Março 2015 | 19h38

Desta forma, Diego disputará duas finais neste sábado. Ele já havia se classificado para a decisão do solo na última quinta-feira. Além dele, Arthur Zanetti, nas argolas, está na briga por medalhas. As finais por aparelho estão marcada para a partir das 10 horas (de Brasília).

Recuperado de contusão, Diego optou por um salto de menor dificuldade, mas com mais segurança, para conquistar a quinta posição. Ele ficou atrás do ucraniano Igor Radivilov (15.100 pontos), do alemão Matthias Fahrig (14.912), do japonês Kenzo Shirai (14.900) e do letão Vitalijs Kardasovs (14.712).

"Como o Diego está voltando de lesão, ele não fez seu salto de maior dificuldade, pois resolvemos poupá-lo. Mesmo assim ele saltou muito bem", elogiou o técnico Fernando Lopes. "Hoje nós fizemos a mesma estratégia de ontem no solo, que era a de nos classificar. Na final, vamos arriscar voltar com as mesmas notas de partida do Mundial do ano passado."

Se Diego foi bem e se garantiu na final, outro brasileiro, Péricles Silva, ficou longe de ter o mesmo sucesso nesta sexta-feira. Ele terminou a eliminatória das paralelas em 15.º, com 14.375 pontos. Na barra fixa, foi ainda pior, terminando somente na 22.ª posição, com 13.700 pontos.

Mais conteúdo sobre:
ginástica artística Diego Hypolito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.