Em Goiânia, Flamengo busca classificação na Copa do Brasil contra o Atlético-GO

Quatro dias após derrotar o Atlético Goianiense por 3 a 0 em Goiânia, pelo Campeonato Brasileiro, às 21h45 desta quarta-feira o Flamengo enfrenta novamente o clube goiano, no mesmo estádio Serra Dourada, desta vez em partida decisiva pela Copa do Brasil. No primeiro jogo das oitavas de final houve empate em 0 a 0, no estádio do Maracanã, no Rio.

Fábio Grellet, Estadao Conteudo

24 Maio 2017 | 07h50

Por isso, o Flamengo se classifica caso ganhe ou empate por pelo menos 1 gol. Se houver empate sem gols, a classificação será decidida nos pênaltis. O Atlético Goianiense precisa da vitória por qualquer placar.

O time rubro-negro carioca terá três desfalques: Berrío (que, com dores musculares na coxa direita, já não havia jogado no último sábado), Gabriel (que fraturou a costela na última partida) e Everton (que levou um pisão no tornozelo direito durante o mesmo jogo). Mas terá o retorno do centroavante peruano Guerrero, que não disputou a última partida por conta de desgaste físico e está recuperado. Por isso, Leandro Damião voltará para o banco de reservas.

Outra opção para a partida é Ederson, que está recuperando o ritmo após 10 meses longe do gramado devido a uma contusão e por enquanto deve ficar no banco. Apesar das três ausências, o técnico Zé Ricardo demonstrou confiança. "Rodinei já mostrou que tem capacidade de jogar um pouco mais adiantado. Conseguiu reproduzir o que estimulamos nos treinamentos. Pode atuar por ali, substituindo Gabriel. Temos outras opções também, meninos amadurecendo nos treinos, e podemos utilizar pelo lado do campo. O importante é não perder nossa forma de jogar", afirmou.

Zé Ricardo ressaltou a importância do jogo desta quarta-feira. "É muito importante para a gente a classificação na Copa do Brasil. O que pedi para os atletas e acho que foi compreendido é que a gente buscasse focar naquilo que precisamos crescer. A melhor maneira de fazer a ferida fechar é melhorar nosso dia-a-dia. Cada um tem seu tempo. Tem jogadores ainda doidos por conta da eliminação, mas tem que servir de aprendizado para a gente. Se tivermos esse pensamento, não tenho dúvida de que o Flamengo estará de volta à Libertadores em 2018", disse.

Já o Atlético Goianiense não poderá contar com quatro atletas que defendem o clube no Brasileirão, mas não estão inscritos na Copa do Brasil: o zagueiro Eduardo Bauermann, o volante André Castro, o meia Andrigo e o atacante Walter.

A principal preocupação do técnico Marcelo Cabo é com o fraco desempenho defensivo. O clube tomou sete gols nos dois primeiros jogos pelo Brasileirão. "Isso preocupa bastante. O sistema defensivo era uma das coisas que vinham funcionando, mas tudo o que planejamos não deu certo. A gente precisa assimilar o que aconteceu, reagir e virar a chave para enfrentar o Flamengo", afirmou.

Mais conteúdo sobre:
futebol Copa do Brasil Flamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.