1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Em resultado polêmico, Gabriel Medina é vice em etapa portuguesa de surfe

AE - Agência Estado

19 Outubro 2012 | 13h 25

Julian Wilson vence bateria final com uma nota mais alta do que ele mesmo imaginava

PENICHE - O brasileiro Gabriel Medina foi vice-campeão da etapa portuguesa do ASP World Tour - o circuito mundial de surfe -, realizada em Peniche, mas acabou a disputa com a frustração de ter visto o título escapar nos instantes finais da decisão, contra o australiano Julian Wilson, que faturou a etapa.

A virada de Wilson na final da oitava etapa da elite do surfe aconteceu apenas na sua última onda, quando conseguiu a nota 8,43, que se somou aos 7,83 garantidos no início. Assim, o australiano terminou com 16,26 contra 15,37 de Medina, que conseguiu uma nota 7,90 e outra 7,47. "Eu esperava uma nota 7", reconheceu Wilson após ser declarado campeão.

Já Gabriel Medina ficou bastante irritado com a nota dada pelos juízes para a última onda do australiano, até porque o rival ficou pouco tempo no tubo e não deu nenhuma manobra de impacto, como um aéreo. "É a terceira vez que fazem isso comigo", lamentou Medina, que chorou bastante ao receber sua premiação no pódio. O público, reconhecendo a decisão equivocada dos juízes, aplaudiu mais Medina do que Wilson.

O brasileiro, de apenas 18 anos, surpreendeu o mundo do surfe no ano passado ao vencer duas etapas. Neste ano, ele já havia sido vice-campeão de outra disputa, no Fiji. Com este resultado, Medina subiu para a oitava colocação no ranking mundial, com 33.150 pontos, enquanto Wilson alcançou o sexto lugar, com 34.650 pontos.

Antes de vencer Medina, Wilson havia sido o algoz de outro brasileiro nas semifinais da etapa portuguesa. O australiano superou Adriano de Souza, o Mineirinho, por 19,27 a 5,90. Com a queda nas semifinais, o brasileiro subiu para a quinta colocação no ranking mundial, com 37.650 pontos.

Para chegar na decisão, Medina superou Joel Parkinson por 13,80 a 5,27 nas semifinais. O australiano lidera o ranking mundial com 52.700 pontos, seguido pelo norte-americano Kelly Slater, com 47.200, pelo australiano Mick Fanning, com 47.000, e pelo havaiano John John Florence, com 44.350.

A próxima etapa do circuito mundial de surfe começará a ser disputada em 1º de novembro, em Santa Cruz, na Califórnia, nos Estados Unidos. A etapa de encerramento será em Pipeline, no Havaí, a partir de 8 de dezembro.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo