Espanhóis fracassam no 1.º dia do Masters Series de Madri

O primeiro dia do Masters Series de Madrid não foi nada bom para os tenistas da casa: os quatro espanhóis que entraram em quadra foram derrotados. O último deles, Feliciano Lopez, caiu em três sets diante do norte-americano Robby Ginepri: 2 a 1 (6/1, 3/6 e 6/3), em 1 hora e 50 minutos de partida. Lopez volta à quadra nesta terça-feira para jogar duplas ao lado de Rafael Nadal: eles enfrentam Mark Knowles e Daniel Nestor. O veterano Carlos Moyá, que já foi número 1 do mundo e hoje é o 43.º colocado da lista, caiu com facilidade diante do argentino Juan Ignacio Chela, em dois sets (6/3 e 6/2), após pouco menos de uma hora de jogo. Fernando Verdasco deu um pouco mais de trabalho ao britânico Tin Henman, mas também perdeu por 2 a 0 (7/5 e 6/3). Pela manhã, Gorka Fraile havia caído com duplo 6/2 diante do tailandês Paradorn Srichaphan. Nos outros jogos desta segunda-feira, o argentino Agustín Calleri derrotou o francês Florent Serra por 2 a 0 (7/6 (7/3) e 6/3), enquanto o francês Sébastien Grosjean derrotou o sueco Jonas Bjorkman, também em dois sets (6/4 e 7/5).

Agencia Estado,

16 Outubro 2006 | 19h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.