1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Fabiana Murer vence na Suíça e fatura o bi da Liga Diamante

Estadão Conteúdo

28 Agosto 2014 | 17h 50

Campineira foi a única a saltar a 4,72m e confirma sua superioridade na temporada sobre suas principais adversárias

Fabiana Murer conquistou nesta quinta-feira o título da Liga Diamante, circuito que reúne a elite do atletismo mundial. É a segunda vez que a brasileira é campeã da temporada, repetindo o feito de 2010. Para isso, ganhou a penúltima etapa do calendário - que é a última na disputa do salto com vara -, realizada em Zurique, na Suíça.

Nas cinco etapas que tinha disputado anteriormente nesta temporada da Liga, Fabiana somou três vitórias - em Nova York, Glasgow e Mônaco. Liderava o ranking com 12 pontos, contra sete da grega Katerina Stefandi. Dessa maneira, ela dependia apenas de um segundo lugar em Zurique para ser campeã, mas acabou levando o ouro.

Por ser a última etapa de disputa do salto com vara - a Liga Diamante ainda terá mais um meeting, no dia 5 de setembro, em Bruxelas (Bélgica) -, a prova desta quinta-feira tinha pontuação dobrada. Com a vitória, portanto, Fabiana terminou a temporada com 20 pontos, contra nove da grega, que ficou com o bronze nesta quinta-feira.

Ennio Leanza/EFE
Fabiana Murer dominou a temporada com ampla superioridade

A vantagem no ranking da Liga Diamante reflete bem a superioridade de Fabiana sobre as adversárias nesta temporada. Dona da melhor marca do ano - fez 4,80 metros em junho, em Nova York -, a brasileira ganhou com facilidade nesta quinta-feira, com 4,72 metros, deixando a norte-americana Jennifer Suhr em segundo lugar com 4,67 metros.

Para chegar ao ouro em Zurique, a brasileira acertou seus quatro saltos logo na primeira tentativa, em 4,47, 4,57, 4,67 e 4,72 metros. Depois, já com o título assegurado, ela tentou superar o sarrafo a 4,82 metros, o que melhoraria sua melhor marca nesta temporada, mas falhou nas três chances que teve. Mesmo assim, fez festa pelo título.

A saltadora de 33 anos soma, assim, mais uma conquista significativa em sua carreira. Fabiana já foi campeã mundial indoor, em Doha/2010, e também ao ar livre, em Daegu/2011. Agora, passa a ter dois títulos na Liga Diamante. Fica, portanto, apenas a frustração de nunca ter conseguido uma medalha olímpica.

RESULTADOS - Em outra prova de destaque da 13ª das 14 etapas da temporada da Liga Diamante, o jamaicano Kemar Bailey-Cole surpreendeu os favoritos para ganhar o ouro nos 100 metros, com o tempo de 9s96. O também jamaicano Asafa Powell foi o quarto colocado (10s07) e o norte-americano Tyson Gay ficou em último lugar (10s35).

Também nesta quinta-feira, destaque para a derrota do queniano David Rudisha. Atual campeão olímpico e recordista mundial dos 800 metros, ele terminou apenas em terceiro lugar na prova em Zurique, com o tempo de 1min43s96. Foi superado por Nijel Amos (Botsuana), ouro com 1min43s77, e Ayanleh Souleiman (Djibuti), prata com 1min43s93. Amos já havia derrotado Rudisha nos Jogos da Comunidade Britânica, em Glasgow.