1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Futebol Internacional

Fabio Capello não é pago há três meses, segundo ministro russo

REUTERS

30 Agosto 2014 | 16h 47

Ministro do Esporte no país afirma que foi informado do atraso em encontro com o técnico, um dos mais bem pagos do mundo

O técnico da seleção da Rússia, Fabio Capello, e outros membros da equipe técnica não foram pagos nos últimos três meses, disse o ministro russo dos Esportes, Vitaly Mutko.

“Fiquei sabendo disso depois de me encontrar com Capello”, afirmou ele à agência de notícias russa ITAR-TASS. "Estou muito aborrecido com o que está acontecendo, mas o pagamento é um assunto interno da Federação de Futebol Russa. Eles priorizam seus gastos. Se eles não o pagarem, ninguém o fará”, declarou Mutko.

O ministro disse que a Rússia recebeu oito milhões de dólares por participar da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, onde a seleção não passou da fase de grupos. “O orçamento da seleção não é pequeno, portanto como podem não ter pago a equipe técnica?”, indagou Mutko, que já presidiu a federação e teve papel importante na conquista da sede da Copa de 2018 para a Rússia.

Em janeiro de 2014, o ex-técnico da seleção inglesa Capello renovou seu contrato até o final do Mundial de 2018, e de acordo com a imprensa local ganha nove milhões de euros por ano.

Futebol Internacional