Federer sofre, mas passa por Soderling no Masters de Madri

Em busca do seu 10.º título na temporada e o 43.º na carreira, o tenista suíço Roger Federer, número um do mundo, sofreu nesta quinta-feira para eliminar o sueco Robin Soderling por 2 sets a 0, pelas oitavas-de-final do Masters Series de Madri, competição que distribui mais de US$ 2,4 milhões em prêmios. Ambos os tenistas tiveram um bom desempenho no saque e confirmaram os seus serviços na partida - Federer teve 13 aces, contra 9 do sueco. Com um bom preparo físico, Soderling, algoz dos brasileiros na Copa Davis, chegou a marcar 5 a 2 no tie-break do primeiro set, no entanto, ele não conseguiu resistir ao saque de Federer e perdeu por 7/6 (7/5). No segundo set, os tenistas continuaram com um ritmo forte e a partida novamente foi para o tie-break. Soderling começou melhor e chegou a abrir dois pontos de vantagem. Porém, Federer mostrou porque está no topo do ranking da WTA e fechou o jogo em 7/6 (10/8). A partida entre os tenistas teve quase duas horas de duração. Com este resultado, o suíço vai enfrentar nas quartas-de-final o norte-americano Robby Ginepri. Em outro jogo, o russo Marat Safin garantiu vaga às quartas ao eliminar o belga Kristof Vliegen por 2 a 0, com parciais de 6/3 e 6/2. Já o chileno Fernando González nem precisou entrar em quadra para se classificar, já que o seu adversário, o sueco Joachim Johansson, desistiu do confronto por causa de uma laringite.

Agencia Estado,

19 Outubro 2006 | 12h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.