Flamengo encara o Atlético-PR e quer retomar a confiança com vitória em Curitiba

O Flamengo espera fazer neste domingo diante do Atlético Paranaense, às 16 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba, o jogo do recomeço. Eliminado da Copa Libertadores e classificado às quartas de final da Copa do Brasil após passar muito sufoco diante do Atlético Goianiense no meio de semana, o time do técnico Zé Ricardo espera fazer uma boa partida para retomar a confiança no Campeonato Brasileiro, em sua terceira rodada.

Marcio Dolzan, Estadao Conteudo

28 Maio 2017 | 09h50

Este será o terceiro confronto entre as equipes este ano - nos dois anteriores, válidos pela Libertadores, cada um dos times venceu uma partida por 2 a 1. E é justamente nos confrontos diretos que o elenco irá se apoiar para tentar voltar a jogar bem.

"No jogo que perdemos fomos melhores, tivemos várias chances, mas não conseguimos acertar o último passe, o último chute", lembrou o lateral-esquerdo Renê, que deve aparecer no meio de campo. "Agora não podemos errar mais. Nossa equipe é forte, a deles também, ainda mais em casa, mas podemos conseguir a vitória".

O Flamengo segue com muitos desfalques - Diego, Berrío, Donatti, Gabriel e, provavelmente, Everton -, e a definição dos 11 titulares deverá ser feita apenas minutos antes do jogo. A tendência é que o time seja muito parecido com aquele que entrou em campo no meio de semana e que teve atuação criticada.

Renê, contudo, promete outra postura e disse que o time precisa "aprender com os erros". De todo modo, garantiu que não faltará entrega por parte dos jogadores. "Não podemos jogar daquele jeito (como diante dos goianos), mas, se acontecer, que tenhamos raça e disposição. Poderíamos ter jogado muito melhor e vamos buscar isso", ponderou.

Mais conteúdo sobre:
futebol Flamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.